Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Mural de Homenagem a Milton Ozório Moraes

Compartilhar:

Considerado um dos maiores estudiosos em fisiopatologia da hanseníase, o biólogo e pesquisador do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), Milton Ozório Moraes, faleceu no dia 9 de novembro de 2022, em decorrência de um câncer. Moraes era carioca, filho de Lucia e Milton, pai de Amanda, Bruna, Manuela e Henrique e casado com Daniela. 

Formado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde também fez mestrado, e doutorado em Biologia Celular e Molecular pela Fiocruz, Milton foi pesquisador-titular da Fiocruz, professor-adjunto da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), coordenador do programa Inova Fiocruz, como assessor da Vice-Presidência de Produção e Inovação em Saúde, e coordenador-geral-adjunto de Educação da Vice-Presidência de Ensino, Informação e Comunicação. No IOC coordenou, entre 2006 e 2010, o Programa de Pós-graduação Stricto sensu de Biologia Celular e Molecular. 

Seu ingresso na unidade se deu em 2002, como pesquisador no Laboratório de Hanseníase. Ali se dedicou a entender a fisiopatologia da doença utilizando uma abordagem multidisciplinar, com ênfase em biologia molecular, genética e imunologia, com contribuições relevantes ao entendimento dos mecanismos genéticos e imunológicos de subversão da resposta imune exercido por micobactérias. 

Veja, neste espaço, homenagens de colegas e Unidades da Fiocruz ao professor, gestor e pesquisador. 

* Com informações do IOC e Agência Fiocruz de Notícias 

Deixe sua mensagem

CAPTCHA
Este campo é para verificar se o formulário está sendo enviado por uma pessoa.

Mural de mensagens

Seu sorriso vai sempre estar gravado no meu coracao. Uma receptividade e tranquilidade que reverbera no corpo! Obrigada por tanto!
Thaiani
ter, 15/11/2022 - 10:59
Querido Papi, obrigada por nos ensinar a viver uma vida cheia de significado. Desde pequena tenho você como inspiração para continuamente buscar e compartilhar o conhecimento para o bem da comunidade. Pra sempre você é meu exemplo de empatia, positividade, e luta. Pedaços de mim são pedaços de você. Enquanto eu e todas as pessoas que você impactou estiverem aqui nesse mundo, você também estará. Te amo de um jeito que nenhuma palavra consegue dar razão, Bubu
Bruna Guarino Morae
ter, 15/11/2022 - 09:36
Que perda , o que dizer … como consolar família e amigos que conviveram com Miltinho, seu bom humor, sua simplicidade, uma perda para nossa ciência!!! Ser cientista no Brasil não é fácil ! Mas ele optou por ser cientista! Brilhante ! Acho que seres de luz como ele não morrem , ficam em algum espaço muito seguro emanando sua vibração para os que ficaram ! Meus sinceros sentimentos a família e amigos 🙏
Sandra Damazio
ter, 15/11/2022 - 07:09
Eu sou tia do Milton, irmã do pai dele. Miltinho, como o chamamos na família era muito querido portodos nós! Um ótimo filho, pai,irmão e sobrinho. Uma pessoa simples que nunca se vangloriou do seu sucesso profissional.Vai deixar muita saudade!
Maria Celia Moraes-Sorgman
seg, 14/11/2022 - 23:28
Com imensa tristeza acabamos de perder prematuramente um excelente cientista e amigo excepcional. Resta transforrmar essa tristeza em saudade de tantos momentos especiais vividos ao seu lado Milton. Descance em paz!
Danuza Esquenazi
seg, 14/11/2022 - 22:24

Páginas

Voltar ao topoVoltar