Início do conteúdo

VPAAPS: Promoção da saúde

Promoção da saúde

A busca pela melhoria na saúde e qualidade de vida das pessoas desde a conferência de Alma-Ata em 1978 (OMS,1978) e da primeira conferência mundial de PS, com a publicação da carta de Ottawa em 1986 (Carta de Otawa, 1986), traz hoje a necessidade de avançarmos, superando a ênfase nas dimensões individuais e comportamentais e fortalecendo as ações emancipatórias, a cidadania e as políticas públicas “saudáveis”. A reafirmação dos compromissos, princípios e valores definidos em Alma-Ata ocorreu na conferência de Astana em 2018 e contribuirá para o cumprimento dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) da agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU). Dentre os compromissos reafirmados estão a justiça e solidariedade, saúde para a paz, segurança, desenvolvimento socioeconômico e uma atenção básica universal e fortalecida, garantindo assim a saúde física, mental e o bem-estar social.

Na Fiocruz, em consonância com o movimento nacional, a implementação de estratégias de Promoção da Saúde (PS) surge na década de 90, a partir de iniciativas como o Movimento de Cidades e Comunidades Saudáveis, os Planos Diretores das Cidades, a Agenda 21 (documento oficial da Rio/92 voltado para a sustentabilidade não só ambiental e econômica mas a sustentabilidade social), entre outros. Pesquisadores da Fiocruz, de diversas unidades, passaram a elaborar inúmeras iniciativas de pesquisa, ensino, atenção e cooperação social tendo a intersetorialidade e a participação comunitária como pilares centrais.

A Presidência da Fiocruz por meio da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde (VPAAPS) induz diversos projetos desenvolvidos pelas unidades técnico-científicas, em parceria com a Estratégia Fiocruz para a agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) que vêm estruturando ações institucionais para o cumprimento dos objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS), os setores de Cooperação Social da presidência e das unidades que realizam projetos com comunidades do território e o campus avançado Fiocruz Mata Atlântica, que realiza inúmeras ações no território, muitos também em parceria com outras unidades da Fiocruz.

Na área específica de promoção, a assessoria de Promoção da Saúde da Vice–Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde tem avançado no debate crítico e ampliado com a comunidade Fiocruz e a sociedade, visando apoiar ações cada vez mais integradas com os territórios. 

A retomada e o fortalecimento da Câmara Técnica de PS e o planejamento participativo da área de PS da VPAAPS, realizado junto com os representantes das unidades técnicas da instituição foram estratégicos. Tendo em vista a elaboração de projetos inovadores no campo da promoção da saúde no seu sentido mais amplo, foram estabelecidas diversas parcerias intra e intersetoriais.  Também, foi estabelecida uma forte parceria com a Vice-Presidência de Pesquisa e Coleções Biológicas que resultou na criação do FioPromoS e no apoio de ações definidas em outros programas translacionais da presidência da Fiocruz, que apresentam interface com as áreas de atuação da VPAAPS.

 

Voltar ao topoVoltar