Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Coronavírus

Compartilhar:

Perguntas e respostas

A partir de abril de 2020, o Ministério da Saúde passou a recomendar o uso de máscaras e a orientar a produção de máscaras caseiras para a proteção das pessoas (...)

Sim. A partir de abril de 2020, o Ministério da Saúde passou a recomendar à população brasileira o uso de máscaras e a orientar a produção de máscaras caseiras (...)

Para que possamos voltar às nossas rotinas o mais breve possível, o isolamento social é o principal foco no momento.

Não há evidência científica de que isso seja verdade, uma que vez que, embora a vitamina D ofereça alguma melhoria da imunidade do ponto de vista laboratorial, não está comprovadamente associada a uma redução de risco de infecção por cor

O vírus que causa a Covid-19 é transmitido principalmente através de gotículas geradas quando uma pessoa infectada tosse, espirra ou fala. Essas gotículas são muito pesadas para ficar no ar e caem rapidamente em pisos ou superfícies...

Sim. Fumar danifica os pulmões e outras partes do corpo. Além disso, aumenta o risco de desenvolvimento da forma grave da Covid-19.

 

A limpeza de superfícies pode ser feita com água e sabão (qualquer sabão de uso comum, como detergentes), álcool a 70% ou hipoclorito a 0,1%.

Azitromicina é um antibiótico e, portanto, não ataca vírus. Os antibióticos são indicados apenas contra bactérias.

 

A recomendação do Ministério da Saúde para uso da hidroxicloroquina e cloroquina no tratamento contra a Covid-19 chama-se uso off label (fora do que está prescrito na bula do medicamento) e é uma prática usada, mas para casos muitos graves...

O novo coronavírus que está causando a atual pandemia faz parte de uma grande família de vírus, mas é bastante diferente geneticamente de outros coronavírus que já atingiam animais e seres humanos anteriormente (...)

Ainda não há estudos específicos sobre a interação entre o novo coronavírus e a vacina da gripe (ou outras vacinas) em portadores assintomáticos.

As formas de transmissão habituais são aquelas que levam a secreção da pessoa infectada para as mucosas respiratórias da pessoa suscetível (...)

As infecções graves por coronavírus podem deixar um certo grau de fibrose pulmonar. Mas isso especificamente nos pacientes que vão para terapia intensiva, serão submetidos à ventilação mecânica, vão respirar por aparelhos (...)

Sim, é verdadeira essa notícia. Alguns pacientes, especialmente na China, voltaram a apresentar resultados positivos em testes laboratoriais, dias após não apresentarem mais sintomas. No entanto (...)

É importante analisar sobre quais ambientes externos estamos falando. Se o ambiente externo for um hospital, o rigor deverá ser maior do que se for um escritório, por exemplo.

Manter distância mínima de um metro, evitar contato físico, não compartilhar objetos, higienizar com frequência mesas, balcões etc., lavar as mãos frequentemente com água e sabão ou higienizá-las com preparação alcoólica.

 

Se, no trajeto, as crianças tiverem contato com uma pessoa doente ou superfície contaminada, elas podem contrair o vírus.

A transmissão do coronavírus ocorre por meio de gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; contato com objetos ou superfícies contaminadas.

Deve ser um período de isolamento domiciliar, evitando contato também com os outros moradores da casa, especialmente se forem idosos ou pessoas com doenças crônicas.

Não. Especialistas alertam que pessoas com doenças pré-existentes e/ou comorbidades, antes de interromper qualquer medicação ou tratamento, devem consultar um profissional médico.

Os sintomas da Covid-19 são parecidos com os da gripe e, portanto, podem ser confundidos com os de várias outras doenças. Pode ou não haver febre, embora ela seja um sintoma bastante comum.

O uso de um produto de limpeza é suficiente. Cuidado com a mistura de vários produtos diferentes, pois podem ocorrer reações químicas e liberação de substâncias tóxicas.

Sim. Para manter a população e profissionais de saúde informados a respeito do novo coronavírus, o Ministério da Saúde lançou um canal exclusivo e gratuito no WhatsApp.

Sim. Os testes acontecerão no âmbito do estudo internacional da Organização Mundial da Saúde (OMS), que a Fiocruz está liderando no Brasil.

A construção do Centro Hospitalar acontecerá em duas partes, sendo os primeiros 100 leitos entregues em 40 dias e os outros 100 em mais 40 dias.

Camapanha Se liga no corona!

Fiocruz lança campanha de comunicação contra Covid-19 em favelas com organizações comunitárias

 

Chamada pública

Participe da chamada pública da Fiocruz para incentivar ações em comunidades vulneráveis.

 

Integração de esforços

Iniciativa promove a produção de análises integradas, tecnologias e soluções para o enfrentamento da pandemia

 

 

Apoie os esforços da Fiocruz contra a pandemia


'Unidos Contra a Covid-19' permite que empresas, organizações e indivíduos possam fazer parte da rede de apoiadores das iniciativas de enfrentamento da emergência de saúde

 

Acompanhe a construção do Centro Hospitalar

Visão 360o registra a evolução das obras de construção no campus da Fiocruz em Manguinhos em resposta à epidemia de Covid-19

 

 

Plano de contingência e materiais para download

 

Baixe e compartilhe informação de confiança

 

Informações para pesquisadores

 

Neste espaço, encontre links para as principais fontes de informação sobre o novo coronavírus, pulicações científicas e técnicas, mapas situacionais e relatórios epodemiológicos.  

Como lavar as mãos de forma certa?

 

Aplicativo

Confira o aplicativo desenvolvido pelo Ministério da Saúde sobre o coronavírus, disponível em download gratuido para iOS e Android

 

Ministério da Saúde

Conheça melhor o coronoavírus: suas formas de transmissão, proteção, boletins epidemiológicos e tire suas principais dúvidas.

 

Voltar ao topoVoltar