Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Educação Internacional

No âmbito da VPEIC, as iniciativas de cooperação internacional relacionadas com a educação são de responsabilidade da Educação Internacional. Essa área oferece assessoria e suporte à Vice-Presidência, e trabalha de forma integrada com o Centro de Relações Internacionais da Fiocruz (Cris) e os núcleos de cooperação internacional das unidades técnico-científicas da Fiocruz. Atualmente, as ações de cooperação no campo educacional estão estruturadas em dois pilares, que refletem as prioridades da Política de Internacionalização da Fiocruz: cooperação Norte-Sul e cooperação Sul-Sul. Além disso, são desenvolvidas iniciativas de cooperação triangular, que podem envolver instituições acadêmicas do Norte e do Sul Global, com ou sem apoio de outras organizações internacionais. 

Cooperação Norte-Sul

A Fiocruz tem longa trajetória de cooperação técnico-científica com universidades e instituições de pesquisa de excelência em diversos países do mundo, que envolvem parcerias em atividades educacionais e mobilidade de docentes e discentes. 

Atualmente a principal iniciativa coordenada pela VPEIC com ênfase na cooperação Norte-Sul é o Programa Institucional de Internacionalização em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes-PrInt-Fiocruz). O projeto está estruturado em três Redes Integrativas Temáticas, cada uma delas com três projetos, abarcando 16 programas de pós-graduação, de nove unidades da Fiocruz, do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Bahia. A previsão de duração do projeto é de 2019 a 2023. 

Cooperação Sul-Sul

A cooperação Sul-Sul em educação envolve numerosas parcerias com instituições de ensino e pesquisa do Sul Global, principalmente com países da América Latina e da África de língua portuguesa.

Entre as iniciativas institucionais, destaca-se atualmente o Programa de Cooperação Estratégica com o Sul Global (Projeto Coopbrass), desenvolvido em parceria com a Capes, cujo objetivo é fomentar a cooperação com instituições moçambicanas, em redes de pesquisa e formação de pessoal, visando ao enfrentamento de doenças infecciosas e ao fortalecimento dos sistemas locais e nacionais de saúde​. Concebido na lógica da cooperação Sul-Sul estruturante em saúde, o projeto iniciou se em 2020 e tem execução prevista até 2023.

Outra estratégia importante é a formação para a região de fronteiras. O Programa Educacional de Vigilância em Saúde nas Fronteiras (VigiFronteiras-Brasil) é voltado à capacitação de profissionais dos sistemas de saúde envolvidos em detecção e resposta a emergências de saúde pública nas regiões fronteiriças. O objetivo do programa é formar mestres e doutores para contribuir com o fortalecimento da vigilância em saúde nas regiões da faixa de fronteira do Brasil e nos países sul-americanos vizinhos (Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela, além da Guiana Francesa).

 

Política de Internacionalização

Capes PrInt-Fiocruz

Bem vindo ao PrInt | PrInt Fiocruz

COOPBRASS

Programa estimula rede de pesquisa internacional — Português (Brasil)

VigiFronteiras-Brasil

Prorrogadas as inscrições para o VigiFronteiras: novo prazo é 18/6 | Campus  Virtual Fiocruz

Voltar ao topoVoltar