Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

27/11/2019

Pesquisa sobre doenças negligenciadas é destaque em prêmio internacional


Por: Lucas Rocha (IOC/Fiocruz)*

As doenças negligenciadas reúnem um grupo diversificado de agravos que prevalecem em condições tropicais e subtropicais e que afetam, principalmente, populações que vivem em situação de pobreza. Entre as mais relevantes estão as leishmanioses e a doença de Chagas, causadas respectivamente por parasitos do gênero Leishmania e pelo protozoário Trypanosoma cruzi.

Um amplo estudo liderado por pesquisadores do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) em busca de medicamentos alternativos para os agravos que infectam humanos e animais em todo o mundo foi classificado entre os cinco finalistas de prêmio concedido pela Rede Universal de Educação e Pesquisa Científica (USERN), na categoria Ciências Médicas. A seleção, feita pelo conselho consultivo da USERN, levou em consideração mais de mil trabalhos. Os finalistas foram homenageados no 4º Congresso da Rede USERN, em Budapeste, na Hungria.

O estudo

A limitação dos fármacos disponíveis para o tratamento é um dos principais desafios no enfrentamento às leishmanioses e à doença de Chagas. Fatores como efeitos colaterais e a baixa resposta ao tratamento dificultam a melhoria na qualidade de vida dos pacientes. Utilizando técnicas de biologia celular, os pesquisadores investigam novos alvos de medicamentos para o combate aos parasitos responsáveis pelas infecções. A estratégia tem como foco o sistema mitocondrial que tem um papel essencial nas defesas antioxidantes do microrganismo, relacionadas à susceptibilidade ou resistência aos fármacos.

Ainda em desenvolvimento, o estudo liderado pelo pesquisador Rubem Menna Barreto, do Laboratório de Biologia Celular do IOC, também identificou promissores candidatos a biomarcadores de lesões cardíacas em humanos por abordagem proteômica. A descoberta de indicadores que permitam mensurar a disfunção cardíaca é de grande importância, uma vez que esta é a mais frequente manifestação da progressão da doença de Chagas e também a principal causa de mortes pelo agravo. Visando o aumento na qualidade de vida dos pacientes, os pesquisadores avaliaram os efeitos do exercício físico na funcionalidade cardíaca de camundongos em estágio crônico.

Sobre o prêmio

O Prêmio USERN é um prêmio internacional, estabelecido pela Rede Universal de Educação e Pesquisa Científica (USERN), concedido anualmente a cientistas ou pesquisadores de todo o mundo, com menos de 40 anos de idade, por avanços ou conquistas em educação científica, pesquisa ou contribuição à humanidade em cinco campos científicos, incluindo ciências médicas, ciências da vida, ciências formais, ciências físicas e ciências sociais.

A USERN é uma organização internacional exclusivamente dedicada ao avanço da pesquisa científica e educacional. A rede não-governamental e sem fins lucrativos tem como missão fornecer infraestrutura para estimular o compartilhamento de ideias, instalações, recursos humanos, financeiros e educacionais, com o objetivo maior de promover a melhoria da vida humana.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar