Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Nova edição da revista Poli apresenta o Programa Nacional de Imunização


05/01/2021

Por: Cátia Guimarães (EPSJV/Fiocruz)

Compartilhar:

Poli - vacinação antes e depois da covid-19: o Brasil tem SUS
Nascido há quase meio século, o Programa Nacional de Imunização brasileiro já enfrentou desafios semelhantes ao que a pandemia traz neste momento: responsável pela erradicação de doenças como a poliomielite e o sarampo – que, num exemplo de retrocesso, recentemente, voltou a circular no país –, o PNI é o braço do Sistema Único de Saúde que vai levar a vacina contra a Covid-19 a todos os municípios brasileiros. Na reportagem de capa desta primeira edição de 2021 da Revista Poli, você vai conhecer a história, estrutura e forma de funcionamento desse programa, além de acompanhar um balanço sobre as dificuldades da imunização no caso do coronavírus e um debate sobre a importância da formação dos profissionais de saúde que estão na ponta do sistema, fazendo a vacinação acontecer.

Como, ao que tudo indica, pelo menos por enquanto a vacina que vai proteger a população não eliminará o novo coronavírus, em outra matéria especialistas discutem se a Covid-19 se tornará ou não endêmica, dando exemplos de outras doenças com as quais os brasileiros tiveram que aprender a conviver. 

Na seção de entrevista, a epidemiologista Anaclaudia Fassa, professora da Universidade Federal de Pelotas, comenta a segunda onda da pandemia na Europa, analisa os erros que levaram a um novo aumento de casos no Brasil e aponta a prioridade de uma estratégia de vigilância territorial que vá além da ampla testagem.

Esse é um exemplo das muitas tarefas já postas para os novos gestores municipais, que acabam de tomar posse em meio a uma pandemia acompanhada de crise econômica. Por isso, reportagem organizada no formato de perguntas e respostas resume o que seis especialistas e gestores apontam como os principais desafios da legislatura nas áreas de saúde e educação. Também em função das novidades eleitorais, na seção ‘O que é, o que faz’ a revista explica o papel das Câmaras de Vereadores, relacionando-a com outras casas legislativas e apontando as tarefas urgentes em meio à pandemia.

Uma batalha que aconteceu em outro legislativo, o nacional, envolvendo Câmara e Senado, é retratada em outra reportagem, que descreve as idas e vindas da votação da regulamentação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Professores (Fundeb) como mais um exemplo de disputa pelo fundo público. Por fim, a construção e aprovação de um novo Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, pelo Ministério da Educação, é tema de uma reportagem que faz um balanço das mudanças em alguns cursos da área da saúde e debate a legislação que autoriza o ensino à distância e atividades não presenciais em cursos de educação profissional.

Boa leitura!

Voltar ao topoVoltar