Início do conteúdo

Canal Saúde estreia nova programação


13/05/2022

Fonte: Canal Saúde

Compartilhar:

O slogan do Canal Saúde “Construindo Cidadania” existe há quase 30 anos. E não é à toa. Já no seu início, em 1994, a proposta era levar informação à população oferecendo uma programação com diversidade de temas, que demonstrassem o caráter intersetorial da saúde. Dessa forma, e mantendo sua missão, o Canal Saúde estreia nova programação em maio com uma grade que amplia a inclusão de temas transversais, ou seja, temas que atravessam várias questões do cotidiano. 

Mulheres, mulheres negras, juventude negra, idosos, crianças, meio ambiente são algumas das temáticas que podem ser encontradas em programas, como Mulhere-se, Fale Preta, Juventude Negra, Sou 60, CurtaAgroecologia, entre outros. Um dos destaques deste ano é o espaço exclusivo na grade para produções sobre as populações indígenas. O Tecendo Saberes, programa que valoriza e divulga as culturas tradicionais brasileiras, é uma das estreias do Canal Saúde que traz a particularidade da vida e dos costumes dos povos indígenas no Brasil. 

Segundo a responsável pelas parcerias de veiculação do Canal Saúde, a jornalista Marcia Fixel, planejar a programação do Canal Saúde é um exercício constante para torná-la mais inclusiva, abarcando regionalidade e representatividade em seu conteúdo, cumprindo com um dos propósitos de um canal público. 

A lógica da grade do Canal Saúde é pensada para oferecer uma experiência mais organizada ao espectador. Os programas são agrupados dentro de uma mesma faixa de horário, de acordo com os assuntos. Quem assiste ao Canal Saúde tem a oportunidade de encontrar os temas de maior interesse em sequência ao longo da semana, nos períodos da manhã, tarde ou noite. Além de organizar os conteúdos e facilitar a forma de assistir, essa lógica cria dinâmica na programação e atende a uma diversidade de público.

Nesse sentido, o fim de semana reserva uma faixa exclusiva ao público infanto-juvenil, com estreia da websérie Confissões de uma Bactéria, uma iniciativa do Ministério da Saúde, Ministério da Agricultura e Abastecimento, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), através do Instituto Oswaldo Cruz (IOC), com a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). A faixa mantém também a animação Dango Balango, da Rede Minas, e dedica um espaço às produções da MultiRio.  

Outros temas agrupados em faixas que podem ser encontrados na programação: Rural; Educação; Ciência e Tecnologia; Informação e Saúde; Políticas Públicas; Cidadania; Arte e Cultura; Filmes e Documentários; e Acessibilidade, com programas da TV Ines legendados e uma janela com intérprete de Libras.

E o Canal Saúde reserva um horário apenas com produções próprias. São 10 programas, entre eles, duas coproduções. Este mês, destacam-se as temporadas inéditas do Ligado em Saúde, Ciência e Letras e Tocando a Real.

A transversalidade e diversidade na grade do Canal Saúde não seriam possíveis sem as parcerias crescentes firmadas ano a ano. Para 2022, cinco novas parcerias entraram na grade renovada: Articulação Nacional de Agroecologia (ANA); TVE Bahia; OPAS; IOC/Fiocruz; e Nações Unidas no Brasil. Esta última traz a inovação dos documentários estrangeiros legendados, retratando assuntos globais que perpassam o conceito ampliado de saúde.

Na atual revisão de grade destacam-se também programas novos de parcerias vigentes. As estreias do Expresso do Futuro e Futura Profissão, do Futura e do Fala, Cientista!, da TVU RN. Vale destacar que o Canal Saúde está aberto a novos parceiros como meta contínua para o enriquecimento de sua programação. 

Como Assistir

O Canal Saúde é um canal público de televisão, com veiculação própria por sinal terrestre e satélite. Em rede aberta (sinal terrestre), ele é exibido na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital. No Rio de Janeiro e em Brasília, o canal é 2.4 e em São Paulo, 1.4. Vale destacar que o Canal Saúde também é acessível em celulares com TV. Por satélite, é possível assisti-lo em todo o Brasil por antena parabólica com receptor digital ou híbrido (frequência 4085). Para saber como sintonizar o Canal Saúde no receptor de antena parabólica basta acessar o site do Canal Saúde.

Além da TV, o Canal Saúde tem transmissão simultânea pela WebTV, na página principal do seu site (Assista Agora), onde também é possível assistir conteúdos sob demanda e baixá-los quando quiser. 

O aplicativo do Canal Saúde é outra opção de assistir em tempo real à programação. Ele pode ser baixado em um dispositivo móvel com sistema Android e, em breve, com IOS também. 

Programas produzidos pelo Canal Saúde:

Sala de Convidados

Em Pauta na Saúde

Boletim Ciência

Bate Papo na Saúde

Ligado em Saúde

Ciência e Letras

Tocando a Real

Documentários

Coproduções: 

Comunidade em Cena

CurtaAgroecologia

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar