Início do conteúdo

VideoSaúde divulga programação de agosto

Saúde

30/07/2021

Fonte: Icict/Fiocruz

Compartilhar:

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a saúde é um estado de bem-estar físico, mental e social completo e não apenas a ausência doenças. Em comemoração ao Dia Nacional da Saúde, dia 05 de agosto, a VideoSaúde exibe este mês vídeos que informam e ressaltam novos horizontes e realidades em saúde. 

Reflexões sobre o que é saúde em várias regiões do país; o trabalho da equipe da Saúde da Família que utiliza de peças de teatro para ensinar sobre qualidade de vida e doenças e o povoado de Sergipe que tem a maior população de nanismo do mundo. Diretamente da mostra Olhares sobre a Covid-19, a realidade de pessoas em situação de rua, o trabalho das equipes de saúde em Vitória do Jari, no Amapá, o impacto do vírus nas comunidades periféricas, a atuação do Laboratório do Instituto Oswaldo Cruz que é referência em Covid-19 nas Américas e os benefícios e as limitações do teleatendimento durante a pandemia. E ainda, as diversas abordagens nos estudos das plantas medicinais no Brasil e a dura realidade sobre o nascer nas prisões.

No Programa Especial VideoSaúde, a trajetória do professor e pesquisador da Fiocruz Frederico Simões Barbosa, pioneiro no desenvolvimento da epidemiologia no país. 

O Programa VideoSaúde vai ao ar toda segunda-feira, às 22h30, no Canal Saúde.

02/08, segunda-feira, 22h30 - Saúde | Brasil, aqui tem SUS - Limoeiro do Ajuru-PA

Saúde

O documentário se passa em várias regiões do Brasil onde partilha experiências e conhecimentos sobre o que é viver com saúde.

Brasil, aqui tem SUS - Limoeiro do Ajuru -PA

A experiência do projeto “Teatro no acolhimento de usuários – Equipe de Saúde da Família Ribeirinha”, que promove educação em saúde de forma lúdica e com uso de expressões regionais caboclas, linguajar dos ribeirinhos do baixo Tocantins.

Reprises:
04/08, quarta, às 22h30
06/08, sexta, às 22h30
08/08, domingo, às 21h30

09/08, segunda-feira, 22h30 - Carretéis | Moradores de rua e a Covid-19

Carretéis 

O documentário apresenta o povoado de Carretéis, em Itabaianinha, Sergipe, e mostra a maior população de pessoas com nanismo do mundo.

Moradores de rua e a Covid-19

Com a disseminação do novo coronavírus, as pessoas foram alertadas para permanecerem em suas casas, entretanto isso não acontece com a população em situação de rua. O vídeo produzido equipe do Covid-19 DivulgAÇÃO Científica, que conta com a participação da  pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Patrice Schuch, fala sobre esta realidade e medidas para protegê-los. 

Reprises:
11/08, quarta, às 22h30
13/08, sexta, às 22h30
15/08, domingo, às 21h30

16/08, segunda-feira, 22h30 - Covid-19 na Amazônia: os desafios e perspectivas da atenção primária em saúde | Covid-19 nas comunidades | Fiocruz designada referência para a Organização Mundial da Saúde em Covid-19 nas Américas

Covid-19 na Amazônia: os desafios e perspectivas da atenção primária em saúde

O vídeo apresenta o processo de trabalho, desenvolvido na Atenção Primária, para o enfrentamento da Covid-19 dentro da realidade na região ribeirinha do município de Vitoria do Jari-AP.

Covid-19 nas comunidades

Com falta de saneamento básico adequado, acesso à assistência médica e muitas moradias insalubres, os moradores das favelas são os que mais têm sofrido os impactos da pandemia do novo coronavírus. A pesquisadora Regina Flauzino da Universidade Federal Fluminense (UFF) analisa o assunto, em entrevista à equipe de projeto Covid-19 DivulgAÇÃO Científica, e apresenta medidas para a minimizar os impactos da Covid-19 nas comunidades periféricas.

Fiocruz designada referência para a Organização Mundial da Saúde em Covid-19 nas Américas

O Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) foi selecionado pela OMS para atuar como referência em coronavírus para a região das Américas.

Reprises:
18/08, quarta, às 22h30
20/08, sexta, às 22h30
22/08, domingo, às 21h30

23/08, segunda-feira, 22h30 - Nem santas nem do diabo: o potencial inexplorado das plantas | A telemedicina no combate à Covid-19

Nem santas nem do diabo: o potencial inexplorado das plantas

O documentário produzido pela Unifesp, explora, sob múltiplas abordagens, o estudo das plantas medicinais no Brasil. O tema traz à tona uma quantidade surpreendente de debates que atravessam a pesquisa acadêmica e a sociedade, como o intercâmbio de conhecimentos entre comunidades tradicionais e cientistas. 

A telemedicina no combate à COVID-19

Serviços de saúde realizados de forma remota, como a telemedicina, são hoje importantes aliados do sistema de saúde em todo o mundo no combate à pandemia de Covid-19. Neste vídeo, a equipe Covid-19 DivulgAÇÃO Científica conversa com Joziana Barçante, pesquisadora da Universidade Federal de Lavras, que fala sobre os benefícios e as limitações do uso de teleatendimento durante a pandemia.

Reprises:
25/08, quarta, às 22h30
27/08, sexta, às 22h30
29/08, domingo, às 21h30

30/08, segunda-feira, 22h30 - Nascer nas prisões: gestar, nascer e cuidar | com tradução em Libras

Vinculado à pesquisa Saúde Materno Infantil nas Prisões do Brasil (2016), o documentário aborda a árdua realidade da rotina de mulheres privadas de liberdade em ter um pré-natal de qualidade, a discriminação na hora do parto e as dificuldades com o cuidado do recém nascido, além do impacto social.

Reprises:
01/09, quarta, às 22h30
03/09, sexta, às 22h30
05/09, domingo, às 21h30

31/08, terça-feira, 23h - Programa VideoSaúde Especial - Frederico Simões Barbosa - Ciência e compromisso social 

Frederico Simões Barbosa foi, antes de tudo, um formador de pessoas. Pioneiro do desenvolvimento da epidemiologia do país, atuou como um dos precursores da estratégia de agentes de saúde da família. O documentário retrata a trajetória do professor e pesquisador, que é contada por meio de um rico acervo histórico e por depoimentos de alunos, colegas e pelo próprio pesquisador. 

Reprise:
02/09, quinta-feira, às 23h

Voltar ao topoVoltar