Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

'TerritórioRua' é novo curta metragem de série sobre o SUS


31/08/2022

VideoSaúde Distribuidora (Icict/Fiocruz)

Compartilhar:

Eles não têm CEP. Vivem onde as pessoas estão apenas de passagem. Ruas, calçadas, jardins, bancos de praças, abaixo de marquises e viadutos. Em escadas e vãos ao relento que levam a portas fechadas. São, muitas vezes, invisíveis. Uma unidade básica de saúde mostra um caminho de mudança neste estado de coisas. Os desafios da inserção das pessoas em situação de rua são o foco do curta metragem TerritórioRua, que acaba de ser lançado no âmbito da parceria entre VideoSaúde/Icict/Fiocruz e a Plataforma de Práticas e Soluções em Saúde e Ambiente (IdeiaSUS) da Fiocruz. Está disponível na Plataforma de Filmes em Acesso Aberto da VideoSaúde.

TerritórioRua é mais um título da série SUS e as clínicas da família, que traz relatos de experiências e práticas desenvolvidas por unidades de saúde da Área Programática (AP) 3.1, na zona Norte do Rio de Janeiro.

A AP 3.1 localiza-se no entorno do eixo da Estrada de Ferro da Leopoldina e congrega seis regiões administrativas: Ramos, Penha, Vigário Geral, Ilha do Governador, Complexo do Alemão e Complexo da Maré. O conjunto de bairros da AP 3.1 abriga mais de um milhão de habitantes.

Clínica da Família em busca de soluções

Eliziane Marinho é a agente de saúde atenta ao território da Clínica da Família Felippe Cardoso, na Penha, subúrbio do Rio de Janeiro. Gerente da clínica, Tamiris Linhares tem o desafio de ampliar e incorporar o atendimento das pessoas em situação de rua às rotinas da clínica. O médico de família Luís Eduardo, por sua vez, traz os residentes para as rondas semanais pelas ruas e praças locais. A enfermeira Andréa lança-se à tarefa de acolher e realizar procedimentos em meio ao movimento do bairro. Entre eles, o desafio de um olhar multidisciplinar e de implantar rotinas capazes de inserir esses usuários nas lidas de uma unidade básica de saúde. 

“A população em situação de rua não acessava a unidade, apesar da proximidade da clínica com o local que estavam. Alegavam vergonha, dificuldades e medos. Apresentavam insegurança de como seriam tratados ao procurarem atendimento na unidade de saúde”, conta Andrea Augusto. “A gente percebeu uma demanda, um vácuo de atendimento no acesso de alguns pacientes que são pessoas em situação de rua. Resolvemos ir atrás deles e a gente começou a ir mensalmente, começou a fazer algumas ações especiais”, relembra Luís Eduardo Bevictori.

Segundo a equipe, a população em situação de rua ganhou confiança na equipe de saúde da família, e começou a acessar a unidade. “A partir do momento que a equipe se dispôs a ir para o território e ir até eles, a gente hoje consegue ver essa demanda de perto”, explica Tamiris. “Tivemos uma ótima adesão, com melhora significativa da condição de saúde”, completa Andrea.

“Infelizmente, não só a pandemia trouxe toda essa questão da pobreza, da vulnerabilidade de muitas pessoas. Perderam seu emprego, suas moradias. Então, hoje o perfil da população de rua que nós temos aqui no nosso território são família, e sim mulheres, crianças, homens. E quando eu falo família, são pessoas móveis, não são pessoas tão idosas, são pessoas jovens”, diz Tamiris. “A gente tenta fazer com que eles entendam que têm tanto direito quanto qualquer um de nós. Porque o SUS é universal”, diz a agente de saúde Eliziane. A Prática está disponível na íntegra na Plataforma IdeiaSUS

TerritórioRua foi desenvolvido no âmbito de uma série de visitas da equipe do IdeiaSUS a unidades básicas de saúde da Área Programática 3.1 no Rio de Janeiro. Mais de 30 unidades, entre dezembro de 2021 e fevereiro de 2022, foram visitadas para mapeamento de suas atividades e apresentação da Plataforma IdeiaSUS. 

Plataforma IdeiaSUS

A AP 3.1 tem uma população composta majoritariamente por jovens adultos – um terço do total está na faixa etária de 20 a 39 anos – e com 13% acima dos 60 anos. A AP 3.1 possui 186 equipes de Saúde da Família, 58 equipes de Saúde Bucal e sete Núcleos de Apoio à Saúde da Família.

Acervo amplo conta com mais de 2 mil práticas do SUS

O IdeiaSUS é uma iniciativa da cooperação técnica entre a Fiocruz, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), no âmbito da Rede de Apoio à Gestão Estratégica do SUS. Conta, atualmente, com mais de 2.300 práticas e inovações. Tem como objetivo identificar, reunir e disponibilizar um banco de “práticas e soluções” em Saúde e Ambiente.  Parte do princípio que a troca de experiências, “exitosas ou não”, são essenciais ao processo de consolidação e fortalecimento do SUS. Mais de 800 municípios brasileiros têm práticas descritas no IdeiaSUS. 

Outros vídeos sobre SUS

O projeto também faz parte do Repositório Audiovisual de Práticas do IdeiaSUS, no canal da VideoSaúde no YouTube, onde também se encontram os vídeos sobre o Ambulatório de Atenção à Saúde da População Travesti e Transexual João Walter Nery, em Niterói (RJ); as estratégias de integração e qualificação do cuidado em saúde da Rede de Saúde do município de Quissamã, no Rio de Janeiro; e as oficinas terapêuticas de cuidado em saúde mental, promovidas em Lajeado (RS). 

Voltar ao topoVoltar