Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Seminário reúne especialistas para debater ‘Saúde nas fronteiras’ 


13/06/2022

Ana Paula Blower (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

Os desafios e as experiências para lidar com a saúde das populações nas fronteiras, além dos efeitos da pandemia, serão alguns dos temas debatidos nesta quarta-feira, às 10h, na próxima edição do Seminários Avançados em Saúde Global e Diplomacia da Saúde do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz). Sob o título de Saúde nas Fronteiras, o webinar reunirá especialistas das Américas e da África. 

Farão parte do debate Paulo Peiter, do Programa de Medicina Tropical e Ambiente e Saúde da Fiocruz; Pier-Paolo Balladelli, diretor do Programa Regional da América do Sul da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas); Virgil Lokossou, da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (Cedeao); e do embaixador Carlos Alfredo Lazary Teixeira, Secretário Adjunto da Organização do Tratado da Cooperação Amazônica (OTCA). 

Segundo o mediador do evento, Sebastián Tobar, do Cris/ Fiocruz, o debate sobre a saúde nas fronteiras se baseia na percepção de que, nos últimos anos, tanto nos países da região quanto na África, importantes projetos de cooperação têm sido desenvolvidos nas fronteiras com ações comuns para o enfrentamento da dengue, da febre amarela, entre outras. “Essas experiências geraram modelos de intervenção conjunta contra doenças, com responsabilidades compartilhadas entre os países, desenvolvendo a vigilância epidemiológica e uma abordagem comum dos problemas de saúde, intervindo conjuntamente nesses territórios e reduzindo assimetrias”, destaca Tobar.

Essas experiências fronteiriças, de acordo com ele, devem servir de evidência para que não sejam construídos muros que separem os países, mas, ao contrário, que se “desenvolva uma governança adequada para produzir saúde a partir da cooperação e da solidariedade entre os atores dos territórios fronteiriços”. Neste sentido, é possível pensar como a pandemia e seus desdobramentos podem ter colocado à prova a cooperação e a solidariedade entre países e comunidades. 

A próxima edição dos Seminários do Cris/Fiocruz abordará estas e outras questões relacionadas, com a apresentação de conceitos e experiências da América do Sul e da África que permitem enfrentar os desafios conjuntos da saúde global e das populações nos territórios de fronteira. 

O evento terá transmissão no YouTube em português, inglês e espanhol. 

Em português:

Em espanhol:

Em inglês:

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar