Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Fiocruz dá treinamento para diagnóstico do novo coronavírus

Profissionais de saúde na capacitação

11/03/2020

Fonte: Agência Fiocruz de Notícias

Compartilhar:

Em mais uma rodada de capacitação para diagnóstico laboratorial do novo coronavírus (SARS-CoV-2) com profissionais que atuam na rede brasileira de Laboratórios Centrais de Saúde Pública, o Ministério da Saúde e a Fiocruz promovem, nestas quarta-feira (11/3) e sexta-feira (13/3), o treinamento de técnicos de oito estados das regiões Sul, Sudeste e Nordeste. Com isso, chegará a 12 o número de laboratórios públicos treinados pela Fiocruz e que estão aptos a realizar os testes específicos para detecção do microrganismo.

A atividade, oferecida pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em vírus respiratórios junto ao Ministério, integra o esforço nacional de vigilância e monitoramento dos casos da COVID-19. A iniciativa também conta com a participação do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz). Participam nesta quarta-feira especialistas do Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. Na sexta-feira, serão capacitados profissionais de Sergipe e Alagoas.
 
De caráter teórico-prático, a capacitação será realizada nas dependências do Laboratório, na sede da Fiocruz, no Rio de Janeiro. Serão abordados temas relacionados à vigilância laboratorial, protocolo para o diagnóstico do novo coronavírus, recomendações sobre biossegurança, transporte de amostras e discussão geral sobre a situação atual de cada estado e as perspectivas em relação à vigilância. Montagem de protocolos, revisão e análise dos resultados também serão temas do encontro.
 
No treinamento serão utilizados os kits com insumos para a realização de testes diagnósticos para o novo coronavírus produzidos pela Fiocruz. Desenvolvidos por Bio-Manguinhos e pelo Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP), os kits foram encomendados pelo Ministério à Fundação diante da identificação dos primeiros casos no Brasil e da preparação para uma possível disseminação da doença em território nacional. Cerca de 30 mil kits estão sendo distribuídos à rede de laboratórios públicos de todo o país.
 
Histórico

O Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) já realizou a capacitação de especialistas dos Institutos Adolfo Lutz, de São Paulo, e Evandro Chagas, do Pará, além de técnicos dos Laboratórios Centrais de Saúde Pública de Goiás e Rio Grande do Sul. A partir de solicitação da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), profissionais de nove países da América Latina (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Panamá, Paraguai, Peru e Uruguai) também receberam o treinamento.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar