Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Dia Internacional da Mulher: IFF/Fiocruz divulga atividades da semana


07/03/2022

Mayra Malavé-Malavé e Everton Lima (IFF/Fiocruz)

Compartilhar:


No contexto do Dia Internacional da Mulher, celebrado anualmente em 8 de março, o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), por meio da Direção e das Áreas de Atenção Clínico-Cirúrgica à Mulher e à Gestante, com o apoio do Núcleo de Apoio a Projetos Educacionais e Culturais (Napec) do IFF/Fiocruz, prepara uma programação especial com várias iniciativas. Com o slogan Pela vida e pela saúde de todas elas, as atividades serão realizadas, entre os dias 7 e 11 de março, com o intuito de homenagear e empoderar as mulheres usuárias e trabalhadoras, desde as profissionais de apoio, administrativo e gestão, como também as que atuam na ciência, pesquisa, educação e assistência.

Segundo a chefe de gabinete da Direção do Instituto e uma das organizadoras da semana comemorativa, Mariana Setúbal, além da homenagem às mulheres, a Semana Comemorativa tem o propósito de aproximar usuárias e trabalhadoras de temas que merecem destaque. “No Instituto, entendemos a importância do nosso papel nacional diante de assuntos relevantes sobre a saúde das mulheres de forma integral, e isso implica em considerar temas como: direitos sexuais e reprodutivos, violência doméstica, desigualdades de gênero e étnico-raciais, autocuidado. Portanto, essa semana visa celebrar e valorizar, mas também seguir na luta pela igualdade dos direitos das mulheres”, ressalta Mariana.

Programação

Uma das atividades do dia 7/3, será uma roda de conversa sobre promoção à saúde da mulher, promovida pela enfermeira do Ambulatório de Ginecologia do IFF/Fiocruz, Marcia dos Santos Luiz. Ainda nesse mesmo dia, a iniciativa Agenda Laranja do Instituto, promoverá um debate com o tema Relações Intergeracionais, Gênero e Pesquisa em Saúde Coletiva, com participação do grupo Motirõ. O evento será transmitido on-line no canal de Youtube da Agenda Laranja.

No dia 8/3, será transmitido, a partir de 13h30, pelo canal de YouTube do IFF/Fiocruz, um evento que homenageará 17 mulheres especiais pelas suas trajetórias e contribuições. Serão distribuídos bottons com o slogan da semana comemorativa para as usuárias e trabalhadoras do Instituto, além de mudas de plantas do jardim de Manguinhos, sede da Fiocruz, pela equipe da Comissão Interna de Biossegurança e Bioproteção da instituição, que também informará ao público sobre a prevenção e redução de riscos inerentes às atividades que possam comprometer a saúde dos profissionais do Instituto, estudantes, usuários, acompanhantes e ao meio ambiente. Durante a noite, a fachada do Instituto será iluminada na cor roxa em alusão à data.

Já no dia 9/3, uma das atividades será a oficina Prevenção da violência doméstica, com as assistentes sociais da Área de Atenção Clínico-cirúrgica à Gestante do IFF/Fiocruz, Gessica Martins Mororó e Nirelli Rodrigues Marinho. Na quinta-feira, dia 10/3, acontecerá uma roda de choro didática com apresentação do grupo “Chora – Mulheres na Roda”. Por fim, no dia 11/3, teremos a minipalestra e bate-papo sobre As questões emocionais da mulher contemporânea no desempenho dos seus diversos papéis, com a psicanalista da Coordenação Técnica de Saúde Mental do IFF/Fiocruz, Lizete Dickstein.

Ao longo do mês de março, o Instituto também divulgará entrevistas em formato de Podcasts, através da plataforma Anchor, para o público ouvir quando e onde quiser. Os temas que serão abordados são: Envelhecimento Saudável, Direitos Sexuais e Reprodutivos, Não sou só mãe, sou mulher! Maternidade, gênero e cuidado a crianças expostas ou vivendo com HIV, Violências contra meninas e mulheres e Saúde da Mulher Trans. Vídeos abordando A Experiência de Trabalho de Mulheres Surdas em uma Unidade Pública de Saúde e As questões Emocionais da Mulher Contemporânea no Desempenho de seus diversos Papéis também serão disponibilizados no canal de YouTube do IFF/Fiocruz.

Para a gestora da Área de Atenção Clínico-Cirúrgica à Mulher do IFF/Fiocruz e uma das organizadoras da semana comemorativa, Raquel Fonseca Rodrigues, “celebrar à mulher no cenário atual de pandemia é reforçar que há tempos mostramos que o respeito é a ação mais valorosa do ser humano. Respeito ao outro, respeito a si, respeito à vida. Para concluir, Raquel também reflete sobre a experiência de ser mulher e trabalhar na área da saúde. “A Área da Saúde tem suas dificuldades e suas amarras histórico-sociais, e para as mulheres esses obstáculos tornam-se ainda mais desafiadores, pois muitos espaços são machistas, feudais e segregadores. Mas, não são espaços impossíveis de se adentrar e fazer sua história. Por isso, para aquelas meninas que desejam atuar na saúde e na ciência, eu tenho que falar: acredite, confie e faça a diferença”.

A gestora da Área de Atenção Clínico-cirúrgica à Gestante do IFF/Fiocruz, a enfermeira Aricele Ferreira Santos, ressalta que as iniciativas da semana comemorativa serão momentos para relembrar a importância da luta constante e refletir o papel da mulher na sociedade e a conquista e manutenção dos direitos, através da exposição e debate de temas tão importantes e atuais. "Celebrar não só o Dia Internacional da Mulher, mas ter uma semana inteira dedicada a elas, é uma grande oportunidade de homenagear a todas que diariamente trabalham, cuidam, protegem, constroem e deixam o mundo mais leve e bonito. Sem romantizar os muitos papéis que as mulheres desempenham com muita garra e coragem".

Compartilhando Experiências de Ativismo Feminino em Meio Ambiente

No âmbito do Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, comemorado em 11 de fevereiro, o Instituto participou da live Compartilhando Experiências de Ativismo Feminino em Meio Ambiente (veja abaixo). O encontro, realizado no dia 24 de fevereiro, teve mediação de integrantes do grupo Motirõ, formado por jovens que participaram da edição de 2020 do evento “Mulheres e Meninas da Fiocruz” e que se organizou durante a pandemia, a partir do engajamento no projeto Agenda Laranja do IFF/Fiocruz, coordenado pela pesquisadora Corina Mendes, que também participou do evento.

Voltar ao topoVoltar