Início do conteúdo

Cris/Fiocruz lança e-book sobre respostas globais à pandemia


14/12/2021

Cristina Azevedo (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

Diplomacia da saúde - respostas globais a pandemia
Durante todo o ano, o Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) produziu informes quinzenais sobre a saúde global e as respostas da diplomacia da saúde. Os Cadernos Cris foram intercalados com seminários, também quinzenais, que analisaram os cenários e traziam temas como as ações de instituições internacionais, os avanços tecnológicos e clínicos, a evolução da pandemia de Covid-19 e o impacto sobre os direitos humanos e populações vulneráveis. A síntese deste acompanhamento ganhou agora a forma do e-book Diplomacia da saúde: respostas globais à pandemia, que já pode ser baixado gratuitamente. O lançamento do livro ocorre nesta quarta-feira (15/12), às 10h, com transmissão pelo YouTube em português, inglês e espanhol. 

“Vemos que o comportamento do multilateralismo global foi extremamente retórico. Houve declarações maravilhosas, como as do G7 e do G20, com todas as organizações sendo muito assertivas, mas na hora de dar o passo seguinte e transformar a retórica em prática, isso não se concretizou”, comentou Paulo Buss, coordenador do Cris. 

Buss usa uma frase de Antonio Gramsci - “o pessimismo da razão e o otimismo da vontade” - para sintetizar a situação. Embora o pensador italiano tivesse se referido à situação política do seu país na década de 1920, o coordenador do Cris e ex-presidente da Fiocruz acredita que ela se aplique perfeitamente ao momento atual: o pessimismo diante do impacto da pandemia, que atingiu de forma desigual nações ricas e pobres; e o otimismo ao observar a resposta rápida da ciência. 

Com cerca de 500 páginas, o livro reúne 67 autores, incluindo colaboradores fora do Cris e da própria Fiocruz, como o ex-chanceler Celso Amorim. Aí também estão colaboradores estrangeiros, como Nicoletta Dentico, copresidente do Geneva Global Health Hub (G2H2) e que já participou de alguns dos 25 Seminários Avançados em Saúde Global e Diplomacia da Saúde em 2021. A lista é grande e inclui o assessor científico da Fiocruz Akira Homma; o epidemiologista Armando De Negri Filho, membro do Mecanismo de Especialistas em Direito ao Desenvolvimento do Conselho de Direitos Humanos da ONU; Paulo Gadelha, coordenador da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030; Tomé Cá, membro da Organização Oeste Africana de Saúde (OOAS/Cedeao); e João Aprigio Guerra de Almeida, coordenador da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano (Instituto Fernandes Figueira/Fiocruz), entre muitos outros. 

“No lançamento, vamos fazer um debate entre os autores e esclarecer dúvidas do público”, contou Buss. Organizado por Buss e por Pedro Burger, coordenador adjunto do Cris, o e-book tem 32 capítulos em suas quase 500 páginas e se divide em três partes: A doença e suas circunstânciasDiplomacia da saúde e pandemia e Covid-19 e a Fiocruz, com a resposta da Fundação à pandemia.  Até sexta-feira (10/12), cerca de 700 downloads já haviam sido feitos, num indício de que o livro pode seguir o mesmo caminho do e-book lançado ao final do ano passado, Diplomacia da saúde e Covid-19: reflexões a meio caminho, que teve 17 mil downloads.  

Os e-books são um resultado do trabalho Observatório de Saúde Global e Diplomacia da Saúde do Cris/Fiocruz, assim como os Cadernos Cris: Informes sobre Saúde Global e Diplomacia da Saúde (que podem ser acessados no link ) e os Seminários Avançados em Saúde Global e Diplomacia da Saúde

Para assistir

Transmissão em português: https://youtu.be/jKvbcb9t2Hs   

Transmissão em espanhol: https://youtu.be/d-xX9lMzsX4   

Transmissão em inglês: https://youtu.be/Rr3mWZ6rRvU

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar