Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

20/08/2018

Agenda 2030: Fiocruz e Academia Brasileira de Ciências estabelecem parceria


Por: Julia Dias (Agência Fiocruz de Notícias)

Representantes da Fiocruz foram convidados para integrar o Grupo de Trabalho interno da Academia Brasileira de Ciências (ABC) para Agenda 2030. Os ex-presidentes da instituição Paulo Buss e Paulo Gadelha foram convidados para compor o grupo que irá acompanhar e coordenar as ações da ABC em relação à Agenda 2030. 

“O convite e parceria são naturais. Tanto pela posição da Fiocruz na ciência nacional, quanto pela atuação da instituição e dos seus representantes no debate da Agenda 2030”, afirmou o assessor internacional da ABC, Marcos Cortesão, que se declarou animado com mais uma parceria entre as instituições que já possuem “uma sinergia muito positiva”.

A Academia é um dos representantes da comunidade científica na Comissão Nacional para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). A Comissão Nacional para os ODS é uma comissão paritária, com 32 representantes, entre titulares e suplentes, da sociedade civil e de governos, que tem por finalidade internalizar, difundir e dar transparência ao processo de implementação da Agenda 2030 no país.

Além de Buss, que atualmente é coordenador do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) e de Gadelha, que coordena a Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030 (EFA 2030) e integra atualmente o grupo de dez especialistas internacionais para apoiar os mecanismos de facilitação tecnológica como suporte à implementação dos ODS, compõe o Grupo de Trabalho da ABC o presidente da instituição, Luiz Davidovich, e os acadêmicos Adalberto Val, Edson Watanabe e Jailson Bittencourt de Andrade, este último será o representante da comunidade acadêmica na Comissão Nacional.

O grupo foi criado no final de junho e ainda está em fase inicial, conduzindo suas primeiras reuniões de trabalho. Eles possuem pela frente o desafio de engajar e mobilizar a comunidade científica brasileira para a questão dos ODS e dar visibilidade para a Agenda 2030 no país. Este é um tema prioritário para a Fiocruz e a ABC, que dedicará sua próxima Reunião Magna ao tema. O evento acontecerá em maio de 2019, no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Buss e Gadelha também foram convidados para participar do comitê de Instalação da Câmara Temática de acompanhamento da Agenda 2030, representando a ABC e a Fiocruz. O Comitê fará sua primeira reunião ainda em agosto, no dia 24, em Brasília. 

Visite a página da Estratégia Fiocruz para a Agenda 2030 no Portal Fiocruz.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar