Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Recepção do Darwinismo no Brasil, A

Organizadores: Heloísa Maria Bertol Domingues, Magali Romero Sá, Thomas Glick

Os artigos aqui reunidos iniciam um debate que aprofunda a história sobre a recepção da teoria de Darwin que repercutiu nos mais diversos campos científicos, orientando-os, desde a segunda metade do século XIX e no século XX. Particularmente, preocupa-se em retratar como o Brasil viveu o debate em torno do tema e deu a sua contribuição, apesar das controvérsias que estimularam a discussão nos meios intelectuais. A partir das controvérsias e das discussões acerca do darwinismo, os trabalhos desta coletânea procuram deixar claro como a teoria darwinista contribuiu para a criação de argumentos ideológicos nos mais diversos campos do saber, sendo muito comum a confusão entre darwinismo e evolucionismo, o que minimizou a oposição a Darwin, levando a classificar opositores da teoria da seleção das espécies, de darwinistas. Embora buscando sublinhar esta diferença, o conceito de darwinismo, utilizado pelos autores neste livro, não é único. Porém, como bem mostram os artigos, talvez, mesmo em razão desta confusão de idéias, a recepção de Darwin no Brasil foi menos problemática do que o foi na maioria de outros países, principalmente nos países assentados nos pilares do catolicismo.

ESGOTADO | 192 páginas

ISBN: 85-7541-032-6. 2003.

Conheça a Livraria Virtual da Editora Fiocruz

Em acesso livre no SciELO Livros

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Confira outros títulos desta mesma coleção:
Confira outros títulos com a mesma classificação temática:

Voltar ao topoVoltar