Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Médicos, Medicina Popular e Inquisição: a repressão das curas mágicas em Portugal durante o Iluminismo

Autor: Timothy D. Walker

Este é um trabalho altamente original que combina fontes da história da Inquisição e da história da medicina (assim como muitas outras). Examina a enorme contradição de profissionais médicos treinados durante o Iluminismo português que utilizavam o aparato repressivo da Inquisição para eliminar seus competidores mais rústicos e (na sua maioria) iletrados: os curandeiros populares. Baseia-se em documentação de numerosos arquivos em Lisboa, Évora e Londres. O que está no cerne deste livro - e o distingue - é a análise da equação de interesses envolvidos na perseguição a curandeiros na Inquisição portuguesa. O autor demonstra que, por trás dessas perseguições, havia uma concorrência: de um lado, uma classe emergente de profissionais médicos formados; de outro, praticantes da cura nas comunidades. Sob a crescente influência dos primeiros, aumentam as hostilidades contra os segundos, aos quais são imputadas acusações e aplicados castigos.

Tradução: Mariana Pardal Monteiro

Preço: R$ 60,00 | 423 páginas

Comprar este livro na Livraria Virtual

ISBN: 978-85-7541-425-5. 2013. il., tab., mapas. Coedição com a Editora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

Sumário:

Agradecimentos
Mapa
Abreviaturas
Parte I – Contexto Social, Político e Institucional
1) Introdução e Síntese
2) O Ppapel do Curandeiro e do Saludador na Sociedade Portuguesa do Princípio da Idade Moderna
3) Influências do Iluminismo: o avanço em direção à reforma médica no Portugal setecentista
4) O Monarca e o Inqusidor-Geral: duas personalidades que influenciaram a campanha do Santo Ofício contra os curandeiros
5) Interligações: a influência dos médicos e cirurgiões licenciados na Inquisição e na corte durante o reinado de D. João V
Parte II – A Repressão das Curas Mégicas
6) Uma Política Deliberada de Opressão: os processos da Inquisição portuguesa contra os curandeiros por crimes de magia, cerca de 1690-1780
7) Estudos de Casos: processos contra curandeiros e saludadores nos séculos XVII e XVIII em Portugal
8) A Punição dos Autores de Crimes de Magia: brandos costumes e controle social
9) Perfil Demográfico e Mobilidade Geográfica dos Curandeiros Processados pela Inquisição Portuguesa, 1682-1802
10) Conclusões
Bibliografia
Imagens
Índice

Conheça a Livraria Virtual da Editora Fiocruz

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Confira outros títulos com a mesma classificação temática:

Voltar ao topoVoltar