Início do conteúdo

Comitê pró-equidade: Diretrizes


O Congresso Interno é o órgão máximo de representação institucional da Fundação Oswaldo Cruz. É nele que são deliberados assuntos estratégicos relacionados ao projeto institucional, sobre o regimento interno, sobre matérias, enfim, que possam interferir nos rumos da instituição. O congresso acontece a cada quatro anos, sempre no primeiro ano de cada nova gestão da Presidência da Fiocruz.

Para sua realização, a Presidência elabora um documento-base, que é discutido e aprimorado pelo Conselho Deliberativo da Fiocruz, bem como pelos trabalhadores de todas as unidades da Fundação, que organizam seus próprios encontros para discutir o documento. Após debates, as unidades elegem democraticamente os seus delegados, que votarão as proposições do texto em diversas plenárias.

No VIII Congresso, realizado em dezembro de 2017, foi aprovada a Tese 11. Segundo ela, a Fiocruz se posiciona na luta por uma sociedade mais justa e equânime, comprometida com a diversidade do povo brasileiro e suas demandas, seja nas políticas voltadas para seus trabalhadores, independente de seus vínculos, seja nas ações para usuários em suas escolas, institutos e serviços de saúde, seja nos estudos e pesquisas desenvolvidos, buscando reconhecer e enfrentar todas as formas de discriminação, exclusão e violência.

Clique aqui para ler a Tese 11 (arquivo em anexo) ou clique aqui para ler o Relatório final do VIII Congresso Interno.
 

Voltar ao topoVoltar