Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Relatório da Fiocruz discute isolamento social e gestão de riscos


12/05/2020

Daniela Lessa (Portal Fiocruz) e Regina Castro (CCS/Fiocruz)

Compartilhar:


Relatório técnico elaborado pela Fiocruz revela que o distanciamento social foi adotado por todos os estados brasileiros, enquanto todas as demais iniciativas de contenção para a Covid-19, tais como controle de fronteiras, higiene coletiva, controle de produtos e mercados foram adotadas de forma irregular, algumas por alguns estados e outras por outros.

Faz parte do relatório observar, por exemplo, as determinações impostas pelos governos estaduais quanto à redução das atividades comerciais não essenciais, à restrição de transporte público, à proibição de eventos públicos e reunião de pessoas entre outras ações, que visam reduzir a possibilidade de formação de aglomerações e, consequentemente, diminuir o risco de contágio entre os cidadão

Além das medidas de isolamento social, também estão sob o foco do relatório outras iniciativas empregadas pelo setor saúde, envolvendo a coordenação de ações multodisciplinares, ações em favor da atenção primária, atenção hospitalar, urgência e emergência, vigilância em saúde, orientações sobre manejo de cadáver e intensificação de iniciativas de  informação e comunicação. Outras medidas administrativas que envolvem outros setores da administração pública também foram analisadas.

No estudo, os pesquisadores da Fiocruz avaliam ainda os decretos estaduais relativos à contenção da Covid-19, com o objetivo de contribuir para o debate sobre a gestão de riscos deste desastre global e fornecer elementos para fortalecer a capacidade de resposta do Sistema Único de Saúde (SUS) frente a desastres, emergências de saúde pública e pandemias futuras. 

Elaborado pela equipe do Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde (Cepedes/Fiocruz), o relatório Gestão de riscos e governança na pandemia por Covid-19 no Brasil - Análise dos decretos estaduais no primeiro mês discute o isolamento social, entre outras medidas adotadas pelos estados brasileiros, visando extrair elementos para lições que poderão ser aprendidas no sentido de fortalecer as capacidades de preparação, prontidão e resposta do SUS.

A missão do Cepedes envolve o desenvolvimento de pesquisas de apoio às políticas, estratégias e ações de redução de riscos de emergências e desastres no âmbito do SUS, bem como o desenvolvimento de materiais didáticos e cursos para a formação de profissionais para o tema. A análise sobre a ação dos estados está sendo amplamente discutida no relatório, publicado no Observatório Covid-19, no Portal Fiocruz.

Voltar ao topoVoltar