Início do conteúdo

Presidente da Fiocruz será condecorada com a Legião de Honra 


23/07/2021

Agência Fiocruz de Notícias

Compartilhar:

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, receberá a alta condecoração francesa, o grau de Cavaleiro da Ordem Nacional da Legião de Honra (“Ordre National de la Légion d'Honneur”), em reconhecimento à sua atuação no mundo da ciência e da saúde, em particular no enfrentamento da pandemia de Covid-19. A comenda Légion d'Honneur foi instituída em 1802 por Napoleão Bonaparte e é a mais alta distinção da França, concedida pelo chefe de Estado a personalidades que se destacam por suas atividades no cenário global. 


A embaixadora da França, Brigitte Collet, e a presidente Nísia Trindade no encontro em que discutiram saúde, cooperação e direitos humanos

A presidente da Fiocruz esteve com a embaixadora da França, Brigitte Collet, na quarta-feira (21/7), em Brasília, para uma reunião em que discutiram saúde global e o fortalecimento da cooperação internacional entre a Fundação e as instituições francesas. Elas conversaram ainda sobre direitos humanos, uma pauta de comum interesse. A embaixadora aproveitou o encontro para congratular Nísia pela condecoração.

Em 30 de junho Nísia recebeu uma carta da embaixada francesa comunicando a concessão da Ordem Nacional da Legião de Honra no grau de Cavaleiro. No texto, a presidente da Fiocruz é elogiada por seu compromisso com a "defesa do direito universal à saúde, além de contribuir de forma significativa para o reforço da cooperação internacional, especialmente com a França". A carta lembra ainda que essa cooperação é histórica, como descrito no livro Louis Pasteur & Oswaldo Cruz: inovação e tradição em saúde, organizado por Nísia e Marie-Hélène Marchand. 

A entrega da condecoração será em setembro, em cerimônia a ser realizada na Fiocruz. Em 1911, Oswaldo Cruz recebeu a Ordem Nacional da Legião da Honra no grau de Oficial. O certificado pode ser visto aqui.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar