Início do conteúdo

Lançamento da Editora Fiocruz aborda o fenômeno da gestação adolescente no Brasil

LIVRO | Gravidez na Adolescência: entre fatos e estereótipos

21/09/2021

Marcella Vieira/Editora Fiocruz

Compartilhar:

Compreender, a partir de abordagem respeitosa, os elementos que cercam o fenômeno da gestação adolescente no Brasil, desvinculando o tema de discursos moralizantes ou que culpabilizem as mulheres. É com esse intuito que a Editora Fiocruz lança Gravidez na Adolescência: entre fatos e estereótipos. Integrante da coleção Temas em Saúde, a obra estará disponível para aquisição a partir de 22 de setembro, nos formatos impresso – via Livraria Virtual da Editora – e digital, por meio da plataforma SciELO Livros

Escrito pela assistente social Aline de Carvalho Martins, o título articula a questão da gravidez na adolescência aos processos históricos e aos direitos humanos e reprodutivos. A autora trata o assunto de forma multicausal e complexa, contemplando a discussão de diversos aspectos, como as taxas históricas de gravidez desse público, o momento e o contexto tidos como socialmente adequados para a maternidade, os discursos sobre a moralidade e o corpo feminino, o impacto da política social na promoção e garantia de espaços igualitários para as mulheres, entre outros.

As responsabilidades dos homens também são discutidas ao longo do volume. Martins reflete que o tema da gravidez na adolescência no Brasil vem sendo sistematicamente abordado através de uma série de moralizações, incluindo a invisibilização do homem e a culpabilização apenas da mulher pelo fenômeno. Segundo ela, é necessário refletir, ao longo desse processo, sobre a questão de
gênero que se expressa primordialmente na responsabilização da adolescente grávida. "Para isso, destacam-se os processos sociais que valorizam de maneira central o gênero masculino na sociedade e disciplinam os corpos das mulheres, atribuindo especialmente a elas a responsabilidade pela gestação", afirma. 

Em meio a esse contexto, adolescentes acabam por ficar responsáveis por cuidar sozinhas da ressignificação de seu futuro, e a maternidade surge como um caminho possível e, às vezes, o único visível. "A gravidez na adolescência é permeada por oportunidades de políticas públicas ou de falta delas, de sonhos de futuro ou de falta deles, de perspectiva de ascensão social pelo trabalho ou pela reprodução", ressalta Aline. Nesse cenário, o livro apresenta uma série de sugestões para que profissionais, famílias, pesquisadores e diversos outros públicos possam trabalhar sobre o tema em dois lugares fundamentais da centralidade do adolescente: a escola e os serviços de saúde. 

Em cinco capítulos, o título reforça a importância das políticas sociais para a diminuição desse fenômeno e também para minimizar o impacto da gestação no futuro de suas mães. "A ausência da proteção social contribui para que o fenômeno continue a se constituir como 'crônica de uma tragédia anunciada' e para o obscurecimento da violação dos direitos enfrentados pelas adolescentes pobres cotidianamente", alerta a autora. 

O volume auxilia ainda na caracterização da adolescência, que vai além de ser apenas um período do desenvolvimento humano. "A adolescência é uma experiência de vida, e é vivida de maneira muito diferente nas camadas ricas e médias e nas camadas pobres do Brasil", destaca Aline. Indicadores e dados estatísticos sobre o fenômeno da gestação adolescente, além das repercussões da gravidez na vida dessa jovem mulher e na vida do bebê, também são questões englobadas pelo livro. 

As bases legais e orientações do Ministério da Saúde, além de formações e tratados assinados pelo Brasil internacionalmente - incluindo acordos para a proteção da gravidez na adolescência - também fazem parte do conjunto da obra. O último capítulo reflete, segundo Martins, sobre a conclusão de que esse é um fenômeno que não deve ser marcado somente pela responsabilidade das mulheres, mas sim pela responsabilidade de toda a sociedade.  

Estimular debates mais ampliados e menos moralistas
Além das referências bibliográficas, o título fornece dicas, recomendações e técnicas que possam estimular os profissionais na abordagem da gravidez na adolescência, levando em consideração a centralidade, a autonomia, o protagonismo e o desenvolvimento das mulheres. São livros e vídeos que abordam o tema de uma maneira mais inovadora e realística", resume a assistente social.

Os materias sugeridos são indicados para a utilização de profissionais e professores com seus alunos, equipes e adolescentes atendidos. Pais, mães e familiares que querem abordar o tema com seus filhos, além dos próprios adolescentes, que podem usar essa base para discutir com os colegas e amigos, também fazem parte do público englobado pela publicação. "São documentários, filmes e curtas-metragens que podem ser utilizados como instrumentos de diálogo. Esperamos poder estimular entendimentos mais ampliados e práticas horizontais e menos moralistas", finaliza.    

Sobre a autora
Mestre e doutora em Serviço Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), Aline de Carvalho Martins trabalha como tecnologista pleno em saúde pública da Fiocruz. É especialista em Controle de Riscos e Agravos à Saúde do Recém-Nascido pelo Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) e especialista em Saúde Materno-Infantil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Livro integra lista de propostas aprovadas em edital para Temas em Saúde
A obra é a décima publicação oriunda de chamada pública da Editora Fiocruz para novos títulos da coleção Temas em Saúde. Em abril de 2019, foram lançados dois editais para encerrar o ciclo de comemorações dos 25 anos da Editora. A chamada para compor a coleção recebeu 122 propostas de publicação e Gravidez na Adolescência foi uma das aprovadas.

➡️ Clique aqui para mais informações sobre o resultado do edital.

Sobre a coleção 
Temas em Saúde apresenta para estudantes, profissionais e público em geral panoramas sobre conceitos e conteúdos fundamentais das áreas da saúde. Em linguagem acessível, a coleção – que já conta com 35 publicações – combina informação atualizada com reflexões baseadas em recentes produções científicas apresentadas por especialistas sintonizados com o contexto sociopolítico de produção e aplicação do conhecimento em saúde.

➡️ Clique aqui para acessar o catálogo completo da coleção.

Livro | Gravidez na Adolescência: entre fatos e estereótipos
Editora Fiocruz | Coleção Temas em Saúde
Primeira edição: 2021
161 páginas
Preço de capa (versão impressa): R$ 15,00
Preço e-book (versão digital): R$ 9,00

Voltar ao topoVoltar