Início do conteúdo

Fiocruz forma especialistas em Monitoria de Ensaios Clínicos

Aluna junto à banca e orientadores na defesa do TCC

21/09/2018

Kath Lousada | VPPCB

Compartilhar:

A Plataforma de Pesquisa Clínica da Vice-Presidência de Pesquisa e Coleções Biológicas (VPPCB) e o Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI) concluíram, neste mês de setembro, a sexta edição do curso de especialização em Monitoria de Ensaios Clínicos.  

Com a apresentação de Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) de diferentes temas de relevância para saúde, quatro especialistas passam a estar aptas para atuarem em projetos de pesquisa clínica para saúde pública. Os trabalhos finais compreenderam temas como Revisão Bibliográfica sobre o uso de Cannabis para tratamento de epilepsia refratária; Vulnerabilidade de participantes de pesquisa; Ferramentas para avaliação de riscos de projetos clínicos e Gerenciamento de projetos na pesquisa clínica sob a ótica do patrocinador. 

Ao longo de seis meses de curso, com carga horária de 360 horas, as alunas tiveram a oportunidade de conhecer as atividades desenvolvidas dentro da Plataforma de Pesquisa Clínica/VPPCB, realizar visitas de monitorias em centros de pesquisa e atividades práticas com a Plataforma de Pesquisa Clínica do INI, além de participar de ações e iniciativas da Rede Fiocruz de Pesquisa Clínica e da Rede Fiocruz de Biobancos. 

Haline Ogata, biomédica e agora especializada em Monitoria de Ensaios Clínicos, afirma que apesar de já ter feito capacitação na área de pesquisa clínica, buscou por um curso com mais atividades práticas voltadas para a função do monitor. “Além de ser realizado em uma instituição altamente conceituada, este é o único curso no Brasil específico em monitoria, o que me motivou bastante a me inscrever para o processo de seleção”, diz.

De acordo com Haline, o curso é completo, principalmente para a formação de um monitor de ensaios com medicamentos. “Além disso, temos a oportunidade de desenvolver um Trabalho de Conclusão de Curso voltado para o serviço que realizamos e acompanhamos na Plataforma, o que é motivador por unir conhecimento teórico com funcionalidade prática.”

Desde 2013, a especialização em Monitoria de Ensaios Clínicos já formou 19 profissionais. Destes, três atuam hoje na Plataforma de Pesquisa Clínica. Para os coordenadores do curso, Karla Gram e Arnaldo Couto, “é de extrema relevância para a Fiocruz ofertar um curso de formação de monitores com um perfil diferenciado como este, em que os alunos têm aulas teóricas com docentes altamente capacitados e atuam em atividades práticas supervisionadas de projetos de pesquisa clínica da Fiocruz. Nesta formação, os alunos têm a chance de aprender o teórico e aplicar na prática durante todo o curso, isso torna o aprendizado eficiente e dinâmico.”


Gabriela Farias, enfermeira formada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), afirma que o curso a fez estar “melhor preparada, com mais bagagem e segurança para enfrentar o mundo da Pesquisa, honrando a Enfermagem e rompendo paradigmas de que Enfermeiros são somente assistencialistas. Após a conclusão do curso, não pretendo parar de me aprimorar cada vez mais e, espero, que muitos caminhos sejam abertos.”

Gabriela dedica-se à pesquisa desde a graduação, mas optou pela atenção exclusiva à especialização, abrindo mão do emprego em uma instituição privada: “no decorrer do curso descobri o ‘mundo’ que é a Fiocruz e o grande networking que estava fazendo. Além de lidar com o dia a dia da Plataforma de Pesquisa da VPPCB, o aprendizado que tive durante as viagens de monitoria realizadas, podendo visitar outras realidades, estados e culturas, foi de grande relevância para mim”.  

Para a também enfermeira, Nathália Rufino, o que mais a chamou atenção foi a oportunidade de experiência profissional que o curso proporcionou mediante o contrato de Bolsista estabelecido pelo período de duração da especialização. “Isso é um diferencial, pois os cursos geralmente não oferecem isso”, afirma.

Já Haline diz estar certa de que “com a conclusão deste curso, minha experiência com monitoria de ensaios clínicos se aprofundou bastante, principalmente na vivência prática, o que é um diferencial importante para o profissional de pesquisa clínica”. 

O próximo edital para a Especialização em Monitoria de Ensaios Clínicos está em fase de elaboração, a ser lançado no próximo ano. Para conhecer a chamada da edição concluída em setembro de 2018, visite a página de ensino do INI.  
 

*Foto1: Beatriz Kaippert (VPPCB - avaliadora), Arnaldo Couto (VPPCB - orientador), Haline Ogata (Aluna), Michelle Morata (INI - avaliadora) e Karla Gram (VPPCB - orientadora)/Divulgação
*Foto 2: Thais Amaral (VPPCB- orientadora), Gabriela Farias (Aluna) e Nathaly Bastos (VPPCB - orientadora)/Divulgação

No Portal Fiocruz

Mais Notícias

Voltar ao topoVoltar