Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Educação globalizada: Seminário debate ensino e pesquisa no contexto da Covid-19


18/08/2020

Por Isabela Schincariol (Campus Virtual Fiocruz)

Compartilhar:

Universidades, instituições científicas e diferentes grupos de pesquisadores de todo o mundo buscam conjuntamente por novas descobertas sobre a Covid-19. Esse empenho global tem fortalecido também as redes institucionais de educação, além de acordos e parcerias na área, que vem se mostrando cada vez mais necessários frente à emergência sanitária causada pelo coronavírus. Para debater o tema, a Fiocruz vai realizar o Seminário Internacional Desafios e estratégias para o ensino na Pós-Graduação em tempos de pandemia, marcado para a próxima sexta-feira, 21/8, às 10h (horário de Brasília). As palestras do encontro online serão em inglês e podem ser acompanhadas no canal da Fiocruz no youtube. O Seminário é uma realização do Programa Institucional de Internacionalização (PrInt Fiocruz-Capes).

Este é o segundo seminário internacional produzido pelo PrInt Fiocruz-Capes. Em 2020, sua realização ganha maior importância no contexto da pandemia, pois as trocas com parceiros e os trabalhos desenvolvidos conjuntamente com pesquisadores de todo o mundo foram intensificados. Assim, a proposta deste encontro é tratar dos desafios para a educação e pesquisa em curto, médio e longo prazo, além de conhecer como os diferentes parceiros estão lidando com a nova realidade, os obstáculos enfrentados e as soluções adotadas.

A coordenadora-geral de Educação e responsável pelo PrInt Fiocruz-Capes, Cristina Guilam, comentou que a pandemia mostrou, entre outras coisas, ser primordial manter a conexão, a comunicação e as ações educacionais, mas sempre de forma segura. “Com o passar dos meses, as estratégias de educação remota foram se tornando cada vez mais preciosas. Manter a conexão é fundamental para nos alimentarmos, nos nutrirmos com o que há de saudável, de força e de potência entre nós”, justificou.

Durante o Seminário Internacional, serão compartilhadas as experiências nacionais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) por, respectivamente, Andrew Macrae e Silvia Alencar. Além disso, a experiência internacional está a cargo da Georgetown University, por Alexander Sens e Sorbonne Université, por Vincent Mouly.

Ainda neste ano, o PrInt Fiocruz-Capes pretende realizar novos encontros que abordarão os seguintes temas: Como os sistemas universais de saúde respondem à pandemia? Os casos do Canadá, Reino Unido e Brasil, Os discentes da Fiocruz nas instituições estrangeiras: bate-papo sobre sua vivência no exterior e As experiências dos docentes no exterior: desafios e ganhos do intercâmbio. A previsão é que eles aconteçam em setembro e outubro de 2020.

O  PrInt Fiocruz-Capes

O Programa de Internacionalização da Fiocruz é financiado pela Capes e tem por objetivo fomentar a internacionalização das instituições vencedoras do edital a partir da concessão de bolsas de mobilidade internacional. Além de oferecer recursos para a execução de missões e outras atividades que contribuam para que os programas de pós-graduação fortaleçam seus laços com parceiros estratégicos, promovam a formação de redes e a construção de trabalhos conjuntos com outros países, aumentando a visibilidade das pesquisas científicas brasileiras.

 

 

Voltar ao topoVoltar