Início do conteúdo

Editora Fiocruz lança novo título da coleção Criança, Mulher e Saúde

Livro | Entre o Segredo e a Solidão

02/05/2021

Marcella Vieira/Editora Fiocruz

Compartilhar:

Um livro que pode trazer contribuições para o debate público sobre um tema de fundamental importância nos campos da saúde e dos direitos das mulheres: a interrupção da gravidez entre jovens. É com esse objetivo que a Editora Fiocruz lança Entre o Segredo e a Solidão: aborto ilegal na adolescência. Escrito pelo psicólogo Wendell Ferrari, o novo título da coleção Criança, Mulher e Saúde estará disponível para aquisição a partir de 5 de maio, nos formatos impresso – via Livraria Virtual da Editora – e digital, por meio da plataforma SciELO Books. O volume integra a lista de originais selecionados a partir de chamada pública para livros autorais da Editora Fiocruz. 

Oriunda da dissertação de mestrado defendida pelo autor, em 2017, no Programa de Pós-Graduação em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Eicos/UFRJ), a obra apresenta - a partir de uma cuidadosa pesquisa socioantropológica - as narrativas de dez adolescentes pobres e negras, em contexto de extrema exclusão social, que enfrentaram corajosamente o desamparo, a solidão e o medo para realizar, em segredo, abortos em condições adversas e inseguras. Mesmo com dados alarmantes no Brasil, que geram inúmeros óbitos e internações em jovens mulheres de camadas mais empobrecidas, os abortos entre adolescentes permanecem como uma questão silenciada no país. Diante dessa lacuna, Wendell Ferrari realizou, durante sua pesquisa, entrevistas com meninas de uma favela da Zona Sul da cidade do Rio de Janeiro que tiveram experiências de aborto ilegal.

Segundo o pesquisador, o perfil das jovens chama atenção: todas tinham menos de 18 anos de idade no momento da entrevista e eram, em sua maioria, negras. Elas realizaram o aborto entre 12 e 17 anos, incluindo dois tipos de práticas: aquelas que se arriscaram em clínicas clandestinas e inseguras e aquelas que interromperam a gravidez com uso de remédio abortivo que tem comercialização proibida no Brasil.  

Ferrari destaca ainda que as adolescentes nem sempre contam com o apoio de suas famílias e que a relação com seus parceiros é permeada de hierarquias e desigualdades de gênero, de classe e de diferença de idade. De acordo com ele, as entrevistadas revelaram que, em alguns casos, pedem dinheiro emprestado ao tráfico, se endividam e sofrem ameaças de morte. O livro joga luz sobre esse cenário de extrema insegurança e instabilidade para as jovens. "No livro, elas contam seus itinerários inseguros e de extrema solidão, que desvelam a sexualidade na adolescência, o descaso do Estado diante do aborto e a falta de políticas públicas em educação sexual", afirma o psicólogo, ressaltando que as histórias narradas podem ajudar a promover "discussões sobre as desigualdades sociais e de gênero que ainda persistem na nossa sociedade". 

Para Elaine Reis Brandão, professora do Instituto de Saúde Coletiva da UFRJ e autora do texto de orelha do livro, "políticas públicas de educação em sexualidade e gênero, planejamento reprodutivo, aborto seguro podem transformar esse cenário de absoluto abandono". Questões corroboradas pelo autor, que defende que o tema seja urgentemente debatido como um mecanismo de disseminação de informação, apoiando também a criação de novas políticas públicas que possam assegurar o direito à saúde dessas e de tantas outras adolescentes.      

Docente do departamento de Psicologia Social da UFRJ e orientadora de Ferrari no mestrado, Simone Ouvinha Peres enfatiza, no prefácio do livro, a sensibilidade do autor para realizar as entrevistas, sempre permeado por rigor ético, garantindo o sigilo e o anonimato dos dados pessoais informados pelas adolescentes, além de uma relação de confiança entre o pesquisador, as jovens e suas famílias. "Wendell Ferrari consegue de forma extremamente competente e sensível acessar uma rede de adolescentes que realizaram aborto ilegal. O autor transmite segurança e discrição altamente necessárias para a criação de uma atmosfera de confiança tratando com respeito de um assunto não confidenciado com outras pessoas além de amigas e/ou parceiros", destaca a professora. 

O fato de ser psicólogo clínico em uma organização não governamental (ONG) localizada na favela onde foram realizadas as entrevistas foi peça-chave para que Ferrari encontrasse jovens dispostas a falar sobre a experiência da prática do aborto. "Pude perceber que as adolescentes também consideraram a oportunidade da entrevista como uma experiência não apenas de relatar o evento ocorrido, mas também como uma maneira de dividir e compartilhar determinados sentimentos", relata o autor. Para ele, as conversas, a pesquisa transformada em dissertação e, agora, a publicação do livro permitem "um mergulho nessas histórias, visto que elas refletem tantas outras histórias encobertas, silenciadas e quase invisíveis", ressalta.

Sobre o autor
Doutorando em Saúde Coletiva no Instituto Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), com período sanduíche na Universidade do Porto, em Portugal, Wendell Ferrari é mestre em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social pela UFRJ. O autor tem graduação em Psicologia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). 

Lançamento encerra a lista de livros originais aprovados em edital
Esta é a sexta - e última - publicação oriunda de chamada pública para livros autorais da Editora Fiocruz. Em abril de 2019, a Editora lançou dois editais para encerrar o ciclo de comemorações de seus 25 anos. Para a chamada de livros autorais, 47 originais foram submetidos à Editora. Seis obras foram selecionadas, incluindo a de Wendell Ferrari.

➡️ Clique aqui para mais informações sobre o resultado do edital.

Sobre a coleção
Com 14 títulos já publicados, a coleção Criança, Mulher e Saúde é uma das mais tradicionais da Editora Fiocruz. Inaugurada em 2003, com o livro Quando a Vida Começa Diferente: o bebê e sua família na UTI neonatal, a série contempla temáticas diversas relacionadas ao complexo universo da saúde e das famílias em suas muitas formações. Parto, cuidado, narrativas, humanização, corpo, gênero, sexualidade e políticas públicas são algumas das temáticas abordadas nos volumes que integram a coleção.

➡️ Clique aqui para acessar o catálogo completo da coleção.

Livro Entre o Segredo e a Solidão: aborto ilegal na adolescência
Editora Fiocruz | Coleção Criança, Mulher e Saúde
Primeira edição: 2021
316 páginas
Preço de capa (versão impressa):  R$ 61,00
Preço e-book (versão digital): R$ 36,60

Voltar ao topoVoltar