Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

02/07/2012

Diabetes: aumento do número de casos está associado à má alimentação

Salada com folhas verdes, cebolas e tomates

Em alusão ao Dia Nacional do Diabetes, comemorado em 27 de junho, a nutricionista do Centro de Saúde Escola Sueli Rosa Gama falou ao Informe Ensp sobre a importância de manter uma boa alimentação, sobre os benefícios de ações de promoção da saúde em relação ao diabetes e os perigos da doença.

Com base em estudos que comprovam que o diabetes tipo 2 está associado ao excesso de peso, a pesquisadora sugere intervenções preventivas efetivas relacionadas a mudanças de estilo de vida para evitar o aparecimento da doença.

"As pessoas diabéticas devem se alimentar com grãos integrais, hortaliças, leguminosas e frutas variadas; utilizar produtos lácteos de baixo teor de gordura; consumir mais carnes brancas que carnes vermelhas, em quantidades adequadas".

A pesquisadora também fala da importância da realização de atividades de promoção à saúde e ações preventivas para redução do peso; realização de atividade física e diminuição do consumo de carnes vermelhas, carnes processadas, refrigerantes e farinhas refinadas.

O diabetes

"O diabetes mellitus é uma síndrome de etiologia múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade da insulina de exercer adequadamente seus efeitos", diz Sueli.

Ela explica que o diabetes mellitus tipo 2 ocorre geralmente em pessoas obesas com mais de 40 anos de idade. Nesse caso há insulina, porém sua ação é dificultada pela obesidade, o que é conhecido como resistência insulínica, uma das causas de hiperglicemia.

O tipo 1 é também conhecido como diabetes insulinodependente, diabetes infanto-juvenil e diabetes imunomediado. Nesses casos, a produção de insulina do pâncreas é insuficiente, pois suas células sofrem a chamada destruição autoimune.

Dados do Ministério da Saúde de maio de 2012 revelam que no Brasil a população adulta atingida pela doença é de 5,6%, sendo mais mulheres (6%) do que homens (5,2%). Entre os idosos com mais de 65 anos, 21,5% sofrem com diabetes.

Leia a entrevista na íntegra no Informe Ensp.

"O diabetes mellitus é uma síndrome de etiologia múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade da insulina de exercer adequadamente seus efeitos" (Sueli Gama Rosa - Centro de Saúde Escola/Ensp/Fiocruz)

Voltar ao topoVoltar