Início do conteúdo

Castelo da Fiocruz ganha cor azul para marcar o Dia Mundial do Diabetes


16/11/2020

Fonte: Agência Fiocruz de Notícias*

Compartilhar:


O Castelo da Fiocruz, no Rio de Janeiro, e os prédios do Congresso Nacional e da Catedral de Brasília, no Distrito Federal, ganharão iluminação azul a partir deste sábado (14/11) para marcar o Dia Mundial do Diabetes, como parte das ações que visam à conscientização para os riscos do da doença. 

No Brasil, de acordo com o Estudo Longitudinal de Saúde do Adulto (Elsa), 50% das pessoas com diabetes não sabem que têm a doença e a falta de um diagnóstico pode desencadear complicações graves ao paciente. Com 16,8 milhões de casos no país, a doença é a terceira causa de óbitos no Brasil. 

Neste ano, a Fiocruz apoia o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), que está coordenando uma série de ações em vários estados, buscando conscientizar a população sobre os riscos e prevenção da doença. No dia 21 de novembro, o CBO promoverá uma maratona no ambiente virtual, com foco na prevenção e no esclarecimento dos brasileiros sobre o tema. O projeto 24 horas pelo diabetes incluirá a apresentação de entrevistas e palestras. A ação contará com a participação dos usuários das redes sociais, que poderão enviar perguntas, depoimentos e comentários. Interessados poderão também participar de sessões de teleorientação com médicos voluntários.  

O Castelo da Fiocruz ficará iluminado na cor azul até o dia 22 de novembro. A programação completa das atividades de 21 de novembro, com foco nas mídias digitais, ficará disponível na página do CBO dedicada ao evento

* Com informações do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO)

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar