Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

31/10/2019

Banco de Leite Humano pede doação de frascos de vidro


Por: Mayra Malavé Malavé (IFF/Fiocruz)


O Banco de Leite Humano (BLH) do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) está precisando de frascos de vidro para armazenar leite materno. Por isso, está reforçando a campanha de doação destes recipientes.

Embora a campanha esteja em vigor durante o ano todo, a ausência de frascos no mercado pode provocar uma queda destes insumos primordiais para a manutenção das atividades dos bancos de leite, pois somente os frascos de vidro com tampa plástica, como os de maionese ou café solúvel, são adequados para o armazenamento e preservação do leite, alimento vital para os bebês.

A missão do BLH é facilitar a doação de leite e promover a amamentação, atuando como intermediário entre as mães que desejam doar e os recém-nascidos internados no IFF/Fiocruz que, devido a circunstâncias particulares, não podem ser amamentados pela mãe e encontram-se em situação de vulnerabilidade nutricional.  Assim, o BLH além de conscientizar a sociedade sobre a importância do aleitamento materno, realiza as atividades de coleta, processamento, e controle de qualidade, garantindo os padrões de biossegurança.

Danielle Aparecida da Silva, gerente do BLH do IFF/Fiocruz explica “no início da história dos Bancos de Leite, realizamos inúmeras pesquisas para selecionar uma embalagem que fosse capaz de manter as características do leite humano e fosse de baixo custo, assim chegamos aos frascos de vidro com tampas de plástico e disponíveis no mercado como embalagens de maioneses, cafés solúveis, achocolatados... atualmente com a tendência da indústria trocar as embalagens por frascos plásticos ou sachês, o Banco de Leite tem recebido poucas doações destes frascos de vidro e com isso dificulta a manutenção do produto dentro do BLH. A necessidade no BLH do Instituto seria de 700 frascos por mês”  

A nutrição dos bebês é um assunto de todos, não é preciso ser mulher nem estar em fase de amamentação para contribuir. Qualquer pessoa pode ajudar tornando-se doador de frascos de vidro. Os bancos de leite humano permitem que muitas crianças acessem o melhor e único alimento natural para elas. 

Colabore e torne-se doador, um gesto de solidariedade pode salvar vidas. 

Postos de coleta de frascos de vidro

•    Banco de Leite Humano do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz)
Local: Avenida Rui Barbosa, 716 – Flamengo – Rio de Janeiro
•    Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz)
Local: Rua Leopoldo Bulhões, 1480 – Manguinhos, RJ
•    Para coletas domiciliares, entre em contato pelo: 0800 026 8877

O que fazer para ser doadora de leite humano

As mulheres com interesse em doar, devem estar amamentando, ter uma produção maior do que as necessidades de seu próprio filho, ter boa saúde e não tomar medicamentos contraindicados para a amamentação. Se a mãe cumprir esses pré-requisitos, pode se cadastrar como doadora no BLH do IFF/Fiocruz. Para isso, dever ter em mãos os últimos exames realizados no pré-natal e ligar para o telefone 0800 026 8877, ou ir ao prédio do Instituto na Av. Rui Barbosa 716, no Rio de Janeiro, para ser orientadas sobre como fazer corretamente a coleta de leite para doação. Lembre-se que o BLH pode providenciar o serviço de assistência na retirada de leite na própria residência da doadora. Confira aqui o passo a passo para a coleta.

Para mais informações visite o site da Rede BLH

Leia também: Banco de leite humano: Brasil será exemplo para o Brics

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar