Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Gestão de Coleções Biológicas

Gestão de Coleções Biológicas

As Coleções Biológicas da Fiocruz são resultado de um conjunto de iniciativas associadas à promoção da qualidade e aperfeiçoamento das condições para a excelência da pesquisa e serviços da Fundação Oswaldo Cruz. Coordenadas pela Vice-Presidência de Pesquisa e Coleções Biológicas (VPPCB), elas preservam o patrimônio genético de espécies de interesse para a saúde e para a biotecnologia, assim como as informações associadas aos espécimes e às populações de cada espécie, além de ajudarem no entendimento de padrões de mudanças da biodiversidade e de variações ocorridas em agentes patogênicos e etiológicos ao longo do tempo.

O movimento de organização e reconhecimento institucional das coleções biológicas da Fiocruz teve início em 2006, com a criação do Fórum Permanente de Coleções Biológicas da Fiocruz. A VPPCB deu continuidade a este processo, inclusive transformando o Fórum na Câmara Técnica de Coleções Biológicas da Fiocruz. Um dos resultados deste movimento é o Documento institucional para o desenvolvimento de política de coleções biológicas na Fundação Oswaldo Cruz, a partir do qual se iniciou o processo de reconhecimento institucional, formalizado por meio do Manual de Organização de Coleções Biológicas da Fiocruz e da portaria 327/2010-PR que aprova o Manual.

A meta é garantir as condições para que os serviços, os materiais biológicos e informações associadas que são ofertados pelas coleções à rede de vigilância epidemiológica, academia e indústria, sejam de qualidade. Para isso os procedimentos têm sido padronizados, com foco principal na gestão da qualidade e de dados e informações destas coleções, e assim garantir que elas também cumpram seu objetivo primário, o de repositórios da biodiversidade brasileira.

Gestão de qualidade e informação

A Fiocruz tem investido na implantação do sistema de gestão da qualidade, seguindo a Norma NBR ISO/IEC 17025:2017 e o Guia de Boas Práticas para Centro de Recursos Biológicos da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), que inclui a Bioproteção (conjunto de medidas de segurança institucional e pessoal e de procedimentos desenvolvidos para evitar a perda, roubo, uso indevido, desvio ou liberação intencional de patógenos ou partes deles, toxinas e seus organismos produtores); e, de sistemas de gerenciamento de coleções para a gestão de dados e informação nas coleções biológicas.

Acesse a página das Coleções Biológicas da Fiocruz ou selecione na listagem abaixo a coleção que deseja conhecer ou consultar. 

 

Voltar ao topoVoltar