Início do conteúdo

Mural de homenagem a Antônio Ivo

Protagonista na história de construção do Sistema Único de Saúde (SUS) e do movimento da Reforma Sanitária, Antonio Ivo de Carvalho faleceu na quinta-feira (10/6). Formado em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) em 1974, Antonio Ivo era Mestre em Ciências pela Escola Nacional de Saúde Pública, quando defendeu em 1994 a dissertação Conselhos de Saúde no Brasil, foi diretor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp) por nove anos, entre 2004 a 2013, e coordenador do Centro de Estudos Estratégicos (CEE) no período de 2014 a abril de 2021. 

Antonio Ivo também foi chefe de Gabinete da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro (SES-RJ) durante a gestão Sérgio Arouca (1987) e subsecretário durante a gestão de José Carvalho de Noronha (1988-90); além de vice-presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes) e integrante do Conselho Consultivo da entidade. Referência no campo da saúde pública no país, professor, pesquisador e exemplo no trato pessoal e profissional, teve como sua marca a inovação nas práticas de gestão, a generosidade e a abertura ao diálogo e ao debate de ideias. 

O velório ocorre nesta sexta-feira (11/6), ao meio-dia, na Capela Premium A do Crematório São Francisco Xavier, no Caju. E a cremação será às 14h.

Neste espaço serão reunidas as homenagens de colegas e Unidades da Fiocruz ao professor, gestor e pesquisador. 

Deixe sua mensagem

CAPTCHA
Este campo é para verificar se o formulário está sendo enviado por uma pessoa.

Mural de mensagens

O professor Antônio Ivo de Carvalho é uma referêcia para todos que estudam a Saúde Pública, história do SUS e as ações na medicina de família e comunitária. O seu legado não se apagará. Muito obrigado,professor! Antônio Ivo presente!
Tom Meirelles
seg, 21/06/2021 - 11:09
Em tempos em que nos faltam exemplos de dignidade, de homens com conhecimento e compromisso ético, profissional e de luta por ideal que nos ajude a ter referências nas grandes áreas do conhecimento humano, perder um Pesquisador, e Protagonista da reforma sanitária brasileira, e que ajudou a construir o SUS, perdê-lo em plena pandemia, nos deixa num duplo luto. Pela dor do homem, do ser humano, pai, trabalhador e pelo profissional que se foi. Mas, Antônio Ivo de Carvalho fez história e agora fará para sempre parte desta história que ajudou a criar.
Olga Vieira Lima
sex, 18/06/2021 - 14:37
Ivo, obrigado pela sua contribuição à saúde pública!
Guto Galvão
qui, 17/06/2021 - 13:36
Tive a grande oportunidade de ter trabalhado no CEE, juntamente com Erica Kastrup (que me levou para trabalhar em uma pesquisa sobre ODS) e Marcelo Rasga, e adorava quando o Antonio Ivo participava de nossas reuniões, que sempre terminava com algum outro assunto, do qual sempre ouvia com muita atenção o que Antonio Ivo tinha a dizer. Era muito sábio e sagaz na argumentação e realmente acreditava na mudança, na luta. Eu pensava: "quero manter minha posição ideológica e firmeza de propósito como Antonio Ivo, que cara!". No período em que estive no CEE, Antônio Ivo sempre chegava, pela manhã, onde ficavam nossas mesas e comentava o que tinha visto nos jornais no dia anterior ou as notícias fresquinhas do dia. Estava sempre a par do que acontecia no país e no mundo e fazia elaborações sobre as questões de diversas áreas. Realmente gostava muito de ler e gostava de ler sobre os czares. Foi Antônio Ivo quem me apresentou Ken Follet, autor que, agora, meu pai também gosta muito e já deve ter lido todos seus livros... Essa figura deixou sua marca na história da saúde pública brasileira e da Fiocruz. Seu nome não será esquecido. Forças à Ana Furniel e à toda família.
Analice Pinto Braga
seg, 14/06/2021 - 14:08
A Faculdade de Medicina da UFRJ e todo o seu corpo social vem externar o seu profundo pesar pela morte de seu brilhante ex-aluno Antônio Ivo de Carvalho. Grande sanitarista, ex-Diretor da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), durante a sua gestão implantou o Programa de educação a distância e outras práticas inovadoras em diversas áreas. Antônio Ivo teve participação importante nas formulações para criação do nosso Sistema Único de Saúde (SUS) com destaque na coordenação da 8ª conferência de Saúde. Ainda recém-formado, em 1974, foi também um dos responsáveis pela organização de importantes movimentos sociais de saúde na Baixada Fluminense, onde junto com colegas médicos da UFRJ e contando com a parceria de Dom Adriano Hipólito, bispo de Nova Iguaçu, construíram um dos mais importantes movimentos populares da época. Ergueu um horizonte amplo na defesa de direitos à habitação, ao transporte, à educação, à cultura, à saúde e ao saneamento básico, para a população pobre da baixada fluminense. Antônio Ivo foi um lutador e militante incansável pelas causas sociais, nas quais esteve sempre na vanguarda, além de ser pessoa fraterna e cordial. Era um mestre cativante e de muita sabedoria, tinha espírito agradável e um sorriso acolhedor. Vai nos fazer muita falta. Estendemos as nossas condolências aos seus familiares e amigos pela perda de um expoente tão importante para a saúde pública brasileira e que muito honrou o nome da nossa Faculdade.
Rosemberg Pinheiro
dom, 13/06/2021 - 22:16

Páginas

Voltar ao topoVoltar