Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Violência e Saúde

Arquivo de um Sequestro Jurídico-Psiquiátrico: o caso Juvenal

“Na manhã de 29.05.1968 no Sítio Morada Nova, o acusado desfechou, utilizando uma roçadeira, violentos ferimentos na pessoa de seu próprio irmão”, narrava a denúncia do Ministério Público. O acusado era Juvenal Raimundo de Araújo, talvez Juvenal Raimundo da Silva. Não se sabia ao certo nem o nome dele porque recusava-se a falar, não apresentava documentos civis e era louco. Por ter cometido um ato violento, foi confinado em um manicômio psiquiátrico, sob a justificativa de tratamento, e nunca mais voltou à liberdade. Permaneceu na clausura por 46 anos. Essa não é uma história de ficção.

Português, Brasil

Novas e Velhas Faces da Violência no Século XXI: visão da literatura brasileira do campo da saúde

"Neste livro o leitor encontrará uma extensa revisão bibliográfica de 2.477 textos publicados entre 2001 e 2013 (artigos, dissertações e teses) sobre violência e saúde. [...] O trabalho acompanha a construção intelectual do tema no Brasil e no mundo e realça pontos convergentes, divergentes, continuidades, rupturas e lacunas. Nele o leitor encontrará uma leitura crítica sobre um objeto construído progressivamente dentro do campo da saúde. A obra dá continuidade a duas revisões anteriores realizadas pelo mesmo grupo. A primeira ocorreu em 1990; a segunda, em 2003.

Português, Brasil

Violências e Vulnerabilidades nos Desenhos Infantis

"Crianças sempre gostam de brincar e de desenhar, uma maneira de expressar suas fantasias e energias sobre como sentem o mundo à sua volta. Os desenhos são comumente utilizados na escola e como estratégia diagnóstica nas clínicas de pediatria e psicologia. Violências e Vulnerabilidades nos Desenhos Infantis pode contribuir com novas visões e com sugestão de metodologia diversificada de trabalho e interlocução entre pesquisadores, clínicos e demais profissionais que atuam com crianças e famílias.

Português, Brasil

Crianças, Adolescentes e Crack: desafios para o cuidado

O crack é uma droga de rápida absorção que causa impacto instantâneo na saúde global dos usuários e provoca comprometimento clínico e psiquiátrico. Este livro aborda o consumo da droga por crianças e adolescentes e as consequências que sofrem devido ao uso da substância por pais ou responsáveis. A obra reúne dez capítulos e tem por base os resultados de duas pesquisas realizadas pela Fundação Oswaldo Cruz. Os autores atuam em diferentes campos de conhecimento e dão à obra uma visão interdisciplinar sobre o assunto.

Português, Brasil

Deserdados Sociais: condições de vida e saúde dos presos do estado do Rio de Janeiro

Esta obra evoca uma discussão sobre as desigualdades, as iniquidades e a violência social entranhadas na realidade brasileira e expressas na situação de encarceramento. A questão da saúde é analisada em conjunto com o contexto social dos presos e as condições ambientais do encarceramento. Por meio de entrevistas, pesquisas, avaliações e observações, os autores buscam compreender o funcionamento do sistema prisional do Rio de Janeiro.

Português, Brasil

Dicionário Feminino da Infâmia: acolhimento e diagnóstico de mulheres em situação de violência

A obra traz um rico panorama dos conceitos recorrentes na pauta feminista e das mulheres e vai além, apresentando temas e significados em sua dimensão histórica, política e social. Estão explicados fenômenos que envolvem os vários aspectos, tipos e cenários das violências e também formas de resistência, além de informações sobre análises científicas que ampararam a criação de procedimentos, normas, abordagens e técnicas que hoje estão regulamentados e em funcionamento em diversos setores públicos de forma regular e/ou ainda embrionária.

Português, Brasil

Impactos da Violência na Saúde

Originalmente organizado para dar suporte a um curso a distância, o livro extrapola seus objetivos iniciais e compartilha com estudantes, profissionais e gestores de saúde ideias e reflexões para reconhecer e enfrentar a violência como grave problema de saúde pública. A obra contextualiza a violência na realidade brasileira, aborda a história da incorporação do tema na agenda do setor saúde e discute a importância de uma política para a área. Destaca como a família, a escola, a comunidade e a mídia podem e devem ser alvos de medidas de prevenção à violência.

Português, Brasil

Violência sob o Olhar da Saúde: a infrapolítica da contemporaneidade brasileira

Apresenta um panorama atualizado sobre o impacto da violência na saúde pública. Examinam-se as tendências das produções científicas sobre o assunto e busca-se conceituar o tema em seus aspectos filosóficos, teóricos, sociais e culturais. Analisam-se também a mortalidade por causas externas no Brasil, a morbidade por envenenamento e as diferentes formas de violência, assim como a relação entre drogas e violência e entre mídia e violência.

Português, Brasil

Violência Oculta do Trabalho: as lesões por esforços repetitivos, A

Após retrospectiva sobre a violência que acompanha as relações conflituosas entre capital e trabalho nos diversos ciclos da Revolução Industrial, inclusive no Brasil, em que uma das formas é o modo de adoecer e prematuramente morrer dos trabalhadores, o autor sinaliza o papel do Estado e da medicina do trabalho como instâncias normalizadoras e de intervenção na área, com base nas teorias 'positivas' do nexo causal e ocupacional.

Português, Brasil

Violência e Saúde

Neste livro, a autora busca introduzir uma reflexão sobre as articulações entre o tema da violência e suas repercussões na saúde dos brasileiros, por meio da conceituação da violência no campo sociológico, da sua articulação com a saúde e de propostas de atuação. A discussão abrange aspectos históricos, culturais, sociológicos e econômicos, considerando que em suas relações a violência se apresenta ora como manifestação da dinâmica e da trajetória de uma sociedade, ora como fenômeno específico que se destaca e influencia essa mesma dinâmica social.

Português, Brasil

Voltar ao topoVoltar