Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Mulheres e a pandemia em debate no Sala de Convidados


12/08/2020

Fonte: Canal Saúde

Compartilhar:

Mulheres e homens precisaram se recolher em suas casas como forma de prevenção ao novo coronavírus. Quarentena ou isolamento social ainda é uma realidade, seja qual for o sexo. E, apesar de termos um movimento maior de homens procurando contribuir com afazeres domésticos e com as crianças, que também estão em casa, para as mulheres tudo isso é uma “obrigação”, algo esperado e sem negociação.  

A balança pende de forma desequilibrada para o lado das mulheres, e não é de hoje. Mas como tudo nessa pandemia ficou ainda mais evidente, a situação desse grupo se destaca também, com o aumento das atividades rotineiras, o alto nível de desemprego e mais denúncias de violência doméstica. E tem ainda outra questão crítica: as mulheres são o maior número de profissionais de saúde na linha de frente do combate à Covid-19.

O Sala de Convidados desta quinta-feira, 13/8, das 11h às 12h, apresentará reportagens com dados dessa realidade, potencializada pela pandemia, e os altos e baixos experimentados por uma mulher, que também é mãe, assistente social e dona de casa, desde que a pandemia foi anunciada em março desse ano. 

O público pode enviar perguntas e comentários antecipados ou no próprio dia, durante o programa. Assista para se manter atualizado e ver sua pergunta respondida no ar. 

Sobre o Sala de Convidados

Programa ao vivo, inédito toda quinta-feira, das 11h às 12h. Os temas em geral são factuais, relacionados às políticas públicas na área da saúde e a participação do espectador pode ser antecipada ou no dia com perguntas através do número 0800 701 8122, pelo WhatsApp 21 99701- 8122, pelas redes sociais do Canal Saúde ou pelo e-mail canal@fiocruz.br

Como assistir 

Televisão: canal 2.4, no Rio de Janeiro e em Brasília e 1.4, em São Paulo, na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital (também é acessível para celulares com TV); em todo o Brasil por antena parabólica digital (frequência 4085). Internet: acesse o site do Canal Saúde e clique em 'Assista Agora' na página principal (acessível por computadores e dispositivos móveis). Aplicativo: baixe o app do Canal Saúde em um dispositivo móvel e assista aos programas em tempo real.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar