Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

22/11/2018

Médico veterinário Rodrigo Müller recebe o Prêmio Páreo Médico Veterinário

Rodrigo Muller e outros veterinários homenageados

Por: Gabriella Ponte (Bio-Manguinhos/Fiocruz)

No dia 5 de novembro, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro homenageou o chefe do Laboratório de Experimentação Animal de Bio (Laean), Rodrigo Müller, com o Prêmio Páreo Médico Veterinário, que homenageia profissionais e instituições que tenham se destacado pelos significativos trabalhos desenvolvidos em prol da medicina veterinária do Estado do Rio de Janeiro.

O evento ocorreu em uma noite de páreos na Tribuna de Honra do Jockey Club Brasileiro. Além de Rodrigo, outros nove profissionais foram homenageados na ocasião. Para ele, esta premiação tem grande importância na área, pois além de ser uma homenagem é uma forma de comemoração do Dia do Médico Veterinário (9 de setembro), onde o Conselho Regional entrega aos destaques na área de atuação.

“No ano passado, o Conselho Federal de Medicina Veterinária me convidou para participar de um vídeo em homenagem ao dia do médico veterinário. Foi veiculado nas redes sociais e televisão (confira nesse link). Parte deste vídeo fará parte da comemoração dos 50 anos do conselho”, contou o veterinário. “De fato, é um sentimento ímpar, pois demonstra que toda dedicação e esforço durante minha carreira vem sendo reconhecido. Bio-Manguinhos vem sendo fundamental para o meu desenvolvimento como profissional. É ainda mais motivador para o alcance de outros desafios maiores que virão”, complementou.

Desde 2005 em Bio-Manguinhos e há quatro anos gerenciando o laboratório, Rodrigo vem buscando a qualificação e profissionalização dos colaboradores envolvidos na ciência de animais de laboratório e disseminando o trabalho executado no Laean em palestras e seminários ocorridos nacionalmente. “Venho demonstrando os ganhos implementados na gestão de pessoas, das qualificações contínuas e a excelência dos resultados obtidos, além de reduzir o número de animais utilizados e refinando técnicas continuamente”, explicou.

A metodologia de gestão implementada no Laean é um grande diferencial comparada aos laboratórios de experimentação nacionais, uma vez que a equipe é totalmente dedicada aos procedimentos e somente após a qualificação individual do colaborador e certificação interna ele poderá executá-los. “A mensuração de performance individual contínua e motivação constante mantém a equipe em alto grau de excelência”, concluiu Rodrigo.
 

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar