Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Livro da Editora Fiocruz sobre povos indígenas no Brasil é tema do Ciência e Letras

Ricardo Ventura Santos

30/05/2020

Marcella Vieira/Editora Fiocruz e Ascom/Canal Saúde

Compartilhar:

Investigar as dinâmicas populacionais indígenas e contribuir para a avaliação de importantes dados demográficos ligados à saúde indígena. Com esses temas, o próximo Ciência e Letras – programa do Canal Saúde em parceria com a Editora Fiocruz – debaterá o livro Entre Demografia e Antropologia: povos indígenas no Brasil. Ricardo Ventura Santos, organizador e autor da coletânea, e Nãma Puri, representante do Movimento de Ressurgência Puri, conversarão com o apresentador Renato Farias, em entrevista que vai ao ar na próxima terça-feira (2/6), às 10h.
  
O assunto é fundamental em meio à pandemia do novo coronavírus. Dados mostram que as populações indígenas têm sido fortemente afetadas pela Covid-19 e os debates sobre o enfrentamento à doença e sobre a saúde dos povos originários se intensificaram nos últimos meses. A Fiocruz vem debatendo e acompanhando a situação em suas muitas frentes de pesquisa sobre saúde dos índios. Cientista que tem importantes contribuições para as pesquisas desse campo nos últimos anos, Ricardo Ventura é autor, membro do conselho editorial e coeditor responsável por duas coleções da Editora Fiocruz: Temas em Saúde e Saúde dos Povos Indígenas, cujo título mais recente é este Entre Demografia e Antropologia: povos indígenas no Brasil, lançado no final de 2019.  

Ventura é um dos organizadores do livro, ao lado de Bruno Nogueira Guimarães, Marden Barbosa de Campos e Marta Maria do Amaral Azevedo, pesquisadores de diferentes áreas, gerações e instituições (Fiocruz, UFMG e Unicamp). Em suas abordagens, a coletânea enfoca pesquisas e conhecimentos multidisciplinares, que vão de questões de migração, mobilidade e dinâmica territorial até a contextualização de dados censitários e a forma como a população indígena é retratada nos censos demográficos do Brasil. A obra reúne diversos autores que mantêm um trabalho conjunto para articular temas variados no estudo da demografia indígena no país.

Livro em acesso aberto e nomeação científica
Recentemente, o volume foi inserido – para download gratuito – na plataforma SciELO Livros. Clique aqui para acessar. O título passa a integrar a ampla lista de livros em acesso aberto da Editora Fiocruz na biblioteca online. Já são cerca de 290 obras disponíveis na Rede SciELo, sendo que, atualmente, 187 estão em acesso livre.  

➡️ Clique aqui para saber mais sobre a presença da Editora Fiocruz no SciELO Livros.   

Em dezembro do ano passado, período em que Entre Demografia e Antropologia: povos indígenas no Brasil foi lançado, Ricardo Ventura conquistou um importante reconhecimento. O professor da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz) e do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro (MN/UFRJ) foi eleito membro titular da Academia Brasileira de Ciências (ABC). É o primeiro pesquisador da Fiocruz a ser eleito para a área das Ciências Sociais da ABC.

Sobre os entrevistados
Pesquisador titular da Fiocruz, Ricardo Ventura Santos é graduado em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília, mestre e doutor em Antropologia pela Universidade de Indiana (EUA) e com pós-doutorado em instituições como MIT (Massachusetts Institute of Technology/EUA), University of Massachusetts Amherst (EUA) e Max Planck Institute for the History of Science (Alemanha). Tem seis livros publicados como autor/organizador da Editora Focruz.
  
Nãma Puri é escritora e representante do Movimento de Ressurgência Puri. Nascido no contexto urbano do Rio de Janeiro, o movimento promove a afirmação identitária do povo indígena Puri no Brasil, além de lutar pelo reconhecimento de suas terras tradicionais e de seus direitos originários. Segundo o movimento, o censo IBGE/2010 levantou que 675 pessoas espontaneamente declararam o pertencimento Puri, com representantes nos quatro estados da Região Sudeste do país.

Programas inéditos 
A nova temporada do Ciência e Letras teve início no dia 5 de maio. Entrevistas com autores da Editora Fiocruz foram exibidas nos programas mais recentes: o médico epidemiologista João Baptista Risi Junior, organizador de Poliomielite no Brasil, e Vanessa Elias de Oliveira, organizadora de Judicialização de Políticas Públicas no Brasil. A mais recente edição foi sobre livro eletrônico, que contou com a participação de Amanda Ramalho, coordenadora do SciELO Livros. 

➡️ Clique aqui para assistir ao bate-papo sobre livro eletrônico.

➡️ Clique aqui para assistir à entrevista de Vanessa Elias de Oliveira.

➡️ Clique aqui para assistir à entrevista de estreia da nova temporada.

Ao longo dos 13 programas inéditos, que serão exibidos até o final de julho, a Editora Fiocruz participará com temas diversos. Das entrevistas com autores de títulos publicados em 2019, destaque para os livros Poliomielite no Brasil: do reconhecimento da doença ao fim da transmissão; Saúde de Migrantes e Refugiados; Entre Demografia e Antropologia: povos indígenas no Brasil; Judicialização de Políticas Públicas no Brasil; Parto Natural, Parto Humanizado: perspectivas de mulheres de camadas populares e médias e a reedição de O Massacre de Manguinhos

Edições sobre livros digitais e desafios do mercado de livrarias também fazem parte das contribuições da Editora. Entre os programas que celebram ícones da literatura nacional, bate-papos sobre Clarice Lispector, Mário de Andrade, Hilda Hist, Patativa do Assaré e José Lins do Rego completam a temporada.        

Quando e como assistir
Além dos novos episódios nas manhãs de terças-feiras, há diversos horários alternativos para quem não quer perder nenhum programa. Confira:
✔Terças: 10h (inéditos) - 14h - 20h
✔Quintas: 10h - 14h - 20h
✔Sábados: 13h30
✔Domingos: 18h

Para ter acesso ao Ciência e Letras e à programação completa do Canal Saúde, clique aqui para saber como assistir. As entrevistas também ficam disponíveis no site especial dedicado ao programa e no YouTube oficial do canal.   

Sobre o Ciência e Letras
Fruto de uma parceria entre o Canal Saúde e a Editora Fiocruz, o Ciência e Letras fez sua estreia na programação da emissora em 2008. Voltado aos amantes de livros em geral, o programa apresentado por Renato Farias promove o encontro entre a escrita acadêmico-científica – com ênfase em assuntos ligados às diversas áreas da saúde a partir das publicações da Editora – e os temas de outros saberes, como a poesia e a literatura brasileira.

Voltar ao topoVoltar