Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Brasil e Alemanha debatem bioeconomia no Green Rio


01/09/2022

Bel Levy (ArticulaFito)

Compartilhar:


A colaboração entre Brasil e Alemanha nas áreas de bioeconomia e sociobiodiversidade é destaque durante o Green Rio, evento internacional que acontece de 1º a 3 de setembro na Marina da Glória, no Rio de Janeiro. Na tarde de quinta-feira, 1º de setembro, o projeto ArticulaFito – Cadeias de Valor em Plantas Medicinais, uma iniciativa conjunta da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), e o Instituto Julius Kühn (JKI), da Alemanha, apresentam acordo de intenções para cooperação internacional nas áreas de plantas medicinais; recursos naturais e bioeconomia; segurança alimentar, nutrição e saúde; comunicação; capacitação de recursos humanos; e outros temas de interesse mútuo. O diálogo de articulação entre Fiocruz, Mapa e JKI ocorre na manhã de sexta-feira, 2 de setembro, durante o Workshop Brasil-Alemanha sobre Bioeconomia. O evento é gratuito e aberto a todos os interessados. As inscrições devem ser feitas no site do Green Rio.

“Em setembro, realizaremos a primeira visita técnica dos pesquisadores do JKI à Cooperativa dos Extrativistas da Floresta Nacional de Carajás (Coex Carajás) e à Floresta Nacional dos Carajás (Flona Carajás). É na Flona de Carajás que a Coex organiza todo o processo de coleta e beneficiamento primário das folhas do jaborandi, matéria-prima de onde é extraída a pilocarpina, princípio ativo utilizado na produção do colírio para glaucoma, comercializado no mundo inteiro. A expedição é uma das atividades voltadas à prospecção das instituições com vistas ao apoio técnico-científico para o fortalecimento das cadeias de valor mapeadas pelo ArticulaFito”, conta a coordenadora técnica e executiva do projeto, Joseane Costa.

O ArticulaFito, que constitui o maior diagnóstico já realizado no Brasil sobre o potencial produtivo de  plantas medicinais, aromáticas, condimentares e alimentícias, visa estruturar arranjos institucionais e produtivos que utilizam plantas medicinais como base de alimentos, cosméticos e fitoterápicos, impulsionando a promoção da saúde, acesso a mercados e desenvolvimento local no contexto da bioeconomia. Por meio da metodologia ValueLinks-B, desenvolvida pela Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ), já foram mapeadas 30 cadeias de valor em plantas medicinais voltadas aos segmentos de fitoterápicos, cosméticos e alimentos. “A partir do diagnóstico realizado, promovemos ações de capacitação, controle de qualidade, conservação ambiental, articulação e governança nos territórios”, explica Joseane. 


A coordenadora técnica e executiva do ArticulaFito informa que a colaboração com o instituto alemão visa ao fortalecimento dos empreendimentos comunitários que estão na base produtiva da cadeias de valor da pilocarpina das folhas do jaborandi, do óleo de macaúba, da semente de sucupira do óleo extravirgem e da farinha de babaçu. “Nosso principal objetivo é promover o crescimento econômico, a partir das oportunidades de mercado e vantagens competitivas existentes, incentivando a criação de modelos de negócios viáveis; a sustentabilidade ambiental, com o uso sustentável da biodiversidade, água, energia e ações de adaptação e mitigação das mudanças climáticas; e a inclusão social e produtiva de empreendimentos comunitários de agricultores familiares, povos indígenas e comunidades tradicionais”, adianta Joseane.

Programação

O ArticulaFito participa da programação do Green Rio nos painéis Bioeconomia e Sociobiodiversidade no contexto da Agenda 2030 e Cadeias de Valor da Bioeconomia, na tarde de quinta-feira, 1º de setembro. Na manhã de sexta-feira, 2 de setembro, é a vez do Workshop Brasil-Alemanha sobre Bioeconomia. No estande da Fiocruz, acontece o Encontro dos Articuladores Regionais do ArticulaFito, com oficina de planejamento sobre as ações em desenvolvimento nos territórios. Também serão realizadas rodas de conversa sobre arranjos institucionais e controle de qualidade de produtos à base de plantas medicinais; a experiência da Aldeia Koyakati (PA) com agroflorestas; e perspectivas de articulação com o projeto Florescer, no bioma Mata Atlântica. Confira a programação completa do Green Rio.

 Serviço

ArticulaFito no Green Rio

1 a 3 de setembro
Marina da Glória

Atendimento à imprensa
articulafito.comunica@gmail.com 
Bel Levy - (21) 97240 4488
Regina Pombo - (21)  97680-9173

Voltar ao topoVoltar