Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

03/10/2019

Zika: encontro na Fiocruz Pernambuco reuniu grupos de pesquisas de todas as regiões do país


Fonte: Fiocruz Pernambuco

O Consórcio Nacional de Coortes* de Zika (Crianças e Gestantes) se reuniu nessa terça e quarta-feira (1 e 2/10) na Fiocruz Pernambuco. Estruturado dentro da Rede Nacional de Especialistas em Zika e Doenças Correlatas (Renezika), reúne 22 grupos de pesquisas, provenientes de todas as regiões do país. As equipes que o integram foram selecionadas através de Chamada Pública, realizada em 2016, pelo Ministério da Saúde.  A Renezika é coordenada pelo Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE/MS).
 
“A criação do Consórcio veio atender a uma necessidade do Ministério da Saúde de agregar dados mais robustos e realizar uma análise mais profunda dos dados colhidos pelos diferentes grupos de pesquisas de coorte com crianças e gestantes afetadas pela Zika, em todo o país”, explicou Karlos Diogo Chalegre, coordenador da Renezika. Com o Consórcio, protocolos e instrumentos de pesquisa são compartilhados; instrumentos de pesquisa e variáveis harmonizados, permitindo a análise combinada de diferentes estudos; e protocolos são estabelecidos. “Os resultados obtidos pelo grupo têm subsidiado o Ministério da Saúde no desenvolvimento de protocolos de Atenção e de Vigilância à Saúde, bem como na criação e promoção de Políticas Públicas voltadas para a Zika”, concluiu Chalegre.

O Consórcio Nacional de Coortes de Zika é liderado pelo pesquisador Ricardo Ximenes do Grupo de Pesquisa da Epidemia da Microcefalia (MERG), que também trouxe boas notícias. “A análise final dos dados vai ocorrer nos próximos meses e esperamos muito em breve publicar os resultados do Consórcio”, declarou. O coordenador afirmou também que a iniciativa poderá ter continuidade - embora isso não estivesse previsto inicialmente no projeto - face à sua importância no fortalecimento tanto do vínculo entre os pesquisadores como da participação dos brasileiros nas redes internacionais.
 
*Estudos de coorte são o tipo de estudo que observa a incidência de uma doença ou por uma situação clínica por um período de tempo, em grupos da população.
 

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar