Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

17/01/2019

Violência contra as mulheres é tema da nova Revista Poli


André Antunes (EPSJV/Fiocruz)

A primeira Revista Poli de 2019 já está disponível. A edição nº 62 da revista, de janeiro e fevereiro, traz matéria de capa sobre a violência contra as mulheres no Brasil. Especialistas entrevistados pela Poli alertam para o recrudescimento deste que é um dos maiores desafios para a saúde no país, a despeito de avanços recentes na esfera legislativa, como a Lei Maria da Penha e a Lei do Feminicídio. 

Outra matéria trata do alto número de mortes e acidentes de trabalho no Brasil, que está no topo da lista dos países com maiores números de ocorrências do tipo no mundo. A flexibilização da legislação trabalhista e a extinção do Ministério do Trabalho e Emprego, entre outras medidas anunciadas pelo governo, acendem um alerta entre especialistas da área, que temem uma piora nas condições de saúde e de segurança dos trabalhadores brasileiros. 

O entrevistado desta edição é o professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), Carlos Roberto Jamil Cury. Na esteira da homologação, pelo Ministério da Educação (MEC), da Base Nacional Comum Curricular do Ensino Médio, aprovada pelo Conselho Nacional de Educação no dia 4 de dezembro, Cury faz um balanço do processo de discussão do documento, marcado por críticas com relação a uma suposta falta de participação da sociedade em sua construção. Para o educador, a Base é necessária como ferramenta que reforça a cidadania e a nacionalidade. Mas ele alerta: defender uma Base não quer dizer defender esta Base.

Uma terceira matéria discute a função social da escola. Em um contexto em que a modalidade de Educação à Distância ganha espaço na legislação sobre a educação básica no Brasil, educadores defendem a escola como o único lugar capaz de ensinar a conviver e lidar com a diversidade humana. 

Por fim, a Atenção Básica é tema de outra reportagem desta edição, que explica a importância e o papel específico de cada trabalhador que compõe as equipes de Saúde da Família, principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS).

A Revista Poli é editada pela Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), unidade técnico-científica da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), e aborda principalmente temas relacionados aos campos da educação, saúde e trabalho.

Acesse a Revista Poli nº 62 na íntegra aqui

Visite também o hotsite comemorativo dos 10 anos da Revista Poli. 

Voltar ao topoVoltar