Início do conteúdo

SNCT 2021: atividade da Editora Fiocruz tem transmissão ao vivo no TikTok

Painel Temático Livros e Pandemia - Editora Fiocruz

08/10/2021

Semana Nacional de Ciência e Tecnologia - Fiocruz

Compartilhar:

O painel temático promovido pela Editora Fiocruz durante a 18ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia na Fiocruz foi a primeira atividade do evento com transmissão ao vivo na rede TikTok. Livros e Pandemia: informação de qualidade e gratuita sobre a Covid-19 contou com transmissão simultânea no YouTube da Fiocruz e no novo perfil da instituição na rede social. A atividade chegou a ter um pico de 500 visualizações simultâneas no TikTok, difundindo temas de ciência e tecnologia para o público mais jovem.

▶️ Clique aqui para assistir ao painel temático na íntegra

Sobre a atividade
A Covid-19 transformou o nosso cotidiano de uma forma marcante e, para compreender a pandemia e os seus diversos impactos, muitos pesquisadores se debruçaram sobre a temática. Algumas dessas pesquisas estão sendo publicadas pela Editora Fiocruz em um formato chamado “livros do momento” (tradução de instant books), publicações disponibilizadas de forma on-line pelo SciELO Livros. A iniciativa é uma parceria da Editora com o Observatório Covid-19 Fiocruz.

O painel temático Livros e Pandemia: informação de qualidade e gratuita sobre a Covid-19 foi realizado no dia 6 de outubro e contou um pouco sobre essas publicações e seu processo de produção. Para Carlos Machado, coordenador do Observatório Covid-19 Fiocruz e editor científico da Editora Fiocruz, “esses livros constituem uma referência importante não só para contribuir para a discussão e debate atual para o enfrentamento à pandemia, mas também como uma memória".

Paulo Buss, pesquisador e ex-presidente da Fiocruz, foi coorganizador e um dos autores do primeiro e-book da série, lançado em dezembro de 2020: Diplomacia da Saúde e Covid-19: reflexões a meio caminho. Ele discorreu sobre questões de diplomacia e saúde global, fazendo um acompanhamento sistemático do cenário da saúde desde abril de 2020. “A negociação internacional é uma das coisas mais importantes para resolver uma pandemia. Uma pandemia não é um problema nacional, não é um problema de um território geográfico específico. É um problema global”, afirmou Buss.

Questões sociais
Ainda considerando a amplitude da pandemia, Gustavo Matta e Ester Paiva, pesquisadores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz), destacaram os impactos sociais da pandemia, que resultaram no lançamento, em abril deste ano, de Os Impactos Sociais da Covid-19 no Brasil: populações vulnerabilizadas e respostas à pandemia. “A ideia é tentar fazer uma análise do que é o impacto de uma emergência social e de que respostas possíveis podemos ter, a partir da perspectiva do sul global”, conta Matta. Já Paiva destacou o processo desafiador de produção do livro, que conta com 17 capítulos e 68 autores.

Christovam Barcellos, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz), também ressaltou a importância e o desafio desse tipo de publicação. Para ele, uma das tarefas dos pesquisadores, atualmente, é o combate às fake news e a produção de informação qualificada para alertar cidadãos, gestores e os próprios profissionais de saúde. “Esse foi o grande desafio que nós enfrentamos ao longo de 2020, e que permanece ao longo de toda a pandemia. Esse livro é testemunha desse esforço de consolidação [de informações]”, informou. Barcellos é coorganizador do próximo e-book da série, ao lado de Carlos Machado e Daniel Villela. O livro digital será intitulado Covid-19 no Brasil: cenários epidemiológicos e vigilância em saúde e tem previsão de lançamento para o mês de novembro.

Sistemas de saúde
Por fim, Margareth Portela, também pesquisadora da Ensp/Fiocruz, trouxe sua experiência na produção da obra que tratará sobre a organização dos serviços de saúde em tempos pandêmicos. Portela lembrou que a própria temática da disponibilização de leitos clínicos e de unidades de terapia intensiva (UTI) foi muito mencionada no nosso dia a dia no último ano. Por isso, é importante destacar os desafios para os sistemas de saúde no país e as repercussões nos serviços de saúde.

Voltar ao topoVoltar