Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Sala de Convidados desta quinta debate a saúde de migrantes e refugiados


10/03/2020

Fonte: Canal Saúde/Fiocruz

Compartilhar:

A migração é um processo antigo. Se voltarmos ao início da humanidade, o deslocamento ocorria em busca de alimentos e de terras melhores para o cultivo. Houve também o período em que a finalidade era abrir rotas comerciais e colonizar diferentes povos para o domínio de terras e recursos econômicos. E hoje, o que leva uma pessoa a sair do local de origem e tentar a vida em outro lugar?
 
Cada vez mais crescente, o processo migratório traz em seu cerne a perspectiva de melhoria de vida por razões distintas. Existe um movimento de pessoas de classe socioeconômica média a alta mudando de país atrás de oportunidade de emprego, enviadas a filiais estrangeiras de empresas em que trabalham, ou até por preferências climáticas. Mas há pessoas fugindo de guerras, miséria e regimes políticos totalitários de seus países. Os motivos são muitos, e maior é o total de migrantes internacionais no mundo, que chega a 272 milhões, segundo estimativas do Relatório de Migração Global 2020, divulgado pela Organização Internacional para Migrações (OIM). De 20 anos para cá o aumento da migração foi de 3,5%.
 
A situação tem dois lados: o ponto de vista do migrante, com suas necessidades prementes e os impactos nos países que recebem esses estrangeiros, diante do desafio de implementação de políticas para dar conta do aumento repentino da população. Na quinta-feira, (12), ao vivo, das 11h às 12h, será possível conhecer mais o tema que causa polêmica, controvérsias e sentimentos xenofóbicos. Não perca!
 
Dicas importantes
 
O programa mudou para às quintas-feiras, mas continua ao vivo no mesmo horário, das 11h às 12h. Outra mudança importante é para quem assiste por meio de antena parabólica. O Canal Saúde está em nova frequência, 4085 e com novo symbol rate, 4400. É necessário alterar essas configurações no receptor da parabólica para manter a sintonia no canal. Veja a seguir todas as formas de acesso ao Canal Saúde e como é possível o espectador ajudar a fazer o programa no dia.
 
Sobre o Sala de Convidados
 
Programa ao vivo, inédito toda quinta-feira, das 11h às 12h. Os temas em geral são factuais, relacionados às políticas públicas na área da saúde e a participação do espectador pode ser antecipada ou no dia com perguntas através do número 0800 701 8122, pelo WhatsApp 21 99701- 8122, pelas redes sociais do Canal Saúde ou pelo e-mail canal@fiocruz.br.
 
Como assistir
 
Televisão: canal 2.4, no Rio de Janeiro e em Brasília e 62.4, em São Paulo, na multiprogramação da TV Brasil, no Sistema Brasileiro de TV Digital (também é acessível para celulares com TV); em todo o Brasil por antena parabólica digital (frequência 4085). Internet: acesse o site do Canal Saúde e clique em Assista Agora na página principal (acessível por computadores e dispositivos móveis). Aplicativo: baixe o app do Canal Saúde em um dispositivo móvel e assista aos programas em tempo real.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar