Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Produção Local é tema do próximo Seminário Avançado em Saúde Global (7/7)


05/07/2021

Javier Abi-Saab (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

“A pandemia mostrou que a necessidade de produção local é absolutamente crucial e que o contexto atual da globalização é excludente e assimétrico. Por isso, na visão da Agenda 2030, devemos colocar em primeiro plano a implementação de um padrão mais equânime na produção, geração e absorção de conhecimento”, ressalta o economista Carlos Gadelha, coordenador das Ações de Prospecção da Fiocruz e mediador do seminário Produção local: desafio global para enfrentar a pandemia, organizado pelo Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz).

O evento acontecerá nesta quarta-feira (7/7) e contará com a participação de Mariângela Simão, diretora-geral assistente da área de acesso a medicamentos da Organização Mundial da Saúde (OMS); Marco Aurélio Krieger, vice-presidente de Produção e Inovação da Fiocruz; e Claudia Chamas, pesquisadora do Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS/Fiocruz).

Para Gadelha, a pandemia não é uma oportunidade natural para a produção local; trata-se de uma oportunidade que deve ser construída. A Fiocruz tem a missão de ajudar a construir essa estratégia para o Brasil, país que hoje depende de 90% dos insumos farmacêuticos que precisa para cuidar da população. “A gente tem que, simultaneamente, fortalecer a ciência e tecnologia em saúde e nossa capacidade de produção local, caminhando para inovação, entrando na quarta revolução tecnológica e incluindo inteligência artificial, big data e tecnologia genômica”, disse o economista. Gadelha considera que esta visão sobre a produção local articula a dimensão nacional com a global, facilitando um padrão de cooperação solidária e não competitiva.

Acompanhe o seminário a partir das 10h desta quarta-feira (7/7):

Voltar ao topoVoltar