Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

PrInt Fiocruz-Capes reabre dois editais de mobilidade acadêmica para o exterior

Mapa do mundo

03/08/2020

Por: Flávia Lobato (Campus Virtual Fiocruz)

Compartilhar:

O Programa Institucional de Internacionalização (PrInt Fiocruz-Capes) está reabrindo dois editais: o primeiro, para professor visitante no exterior; e o outro, para doutor com experiência no exterior. As inscrições podem ser feitas até o dia 7 de outubro.

Os interessados devem ficar atentos às mudanças sofridas em função da pandemia de Covid-19. Os calendários das chamadas foram alterados: agora, a viagem está prevista para ter início entre janeiro e março de 2021, e, por isso, há também novos prazos para envio da documentação.

A Coordenação Geral de Educação da Fiocruz (CGE) lembra, ainda, sobre o papel de cada instituição e dos candidatos para viabilização das bolsas. À Fundação compete a seleção (análise do perfil e das qualificações do candidato), divulgação do resultado e inserção das informações sobre os selecionados no sistema da Coordenação de Aperfeiçoamento de Programas do Ensino Superior (Capes). Após o cadastramento dos bolsistas, o processo passa a tramitar junto à Capes, responsável por conceder ou não as bolsas, de acordo com os critérios do PrInt. Cabe ao candidato tomar as providências que garantam a autorização junto aos órgãos do país no qual pretende ingressar, conforme a situação epidemiológica, além de encaminhar toda a documentação necessária para aprovação da Capes.

É importante, ainda, considerar que os editais podem ser suspensos, a qualquer momento, caso o órgão de fomento interrompa a concessão das bolsas de mobilidade do Programa Institucional de Internacionalização, em função da crise sanitária e segurança de todos.

Consulte os editais com as mudanças e confira as informações

Professor visitante no exterior
– júnior/sênior (Chamada 3/2020 – Errata 2): é voltado a professores(as) com inserção nos meios acadêmicos ou de pesquisa nacionais e internacionais, com reconhecida produtividade científica e tecnológica na sua área do conhecimento. São oferecidas bolsas no exterior para realização de estudos avançados. É necessário que os pesquisadores(as) tenham doutorado, vínculo empregatício com a Fiocruz e sejam credenciados(as) como orientadores(as) dos Programas de Pós-graduação que participam do Projeto Institucional de Internacionalização da Pós-Graduação da Fiocruz no âmbito do PrInt Fiocruz-Capes. Acesse o edital.

Doutor com experiência no exterior (Chamada 5/2020 – Errata 1): incentiva a atração de pesquisadores(as) doutores(as) com experiência no exterior para atuação na Fiocruz, cuja formação e experiência profissional representem uma contribuição inovadora para os Programas de Pós-graduação da Fiocruz que participam do PrInt Fiocruz-Capes. Espera-se que os doutores contribuam para trocas de conhecimento, criando novos ambientes acadêmicos com maior diversidade cultural e científica, fomentando ações que impactem positivamente a qualidade dos egressos e pesquisas na Fundação. Consulte o edital em português e em inglês.

Para mais informações sobre estas e outras chamadas, acesse o site do PrInt Fiocruz-Capes.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar