Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Pesquisador da Fiocruz Paraná integra a Academia Americana de Microbiologia

27/02/2020

Fonte: Fiocruz Paraná

Compartilhar:

O pesquisador do Instituto Carlos Chagas (ICC/Fiocruz Paraná), Márcio Rodrigues, é o único brasileiro eleito para integrar, como novo membro, a Academia Americana de Microbiologia. O anúncio foi publicado no dia 19 de fevereiro e a seleção foi realizada a partir de 118 indicações, sendo que dessas, 58% foram aceitas. Para receber o reconhecimento, concedido anualmente à cientistas do mundo todo, os eleitos são avaliados pelos pares com base em seus registros de realizações científicas e contribuições originais para a microbiologia avançada.

“Os novos membros são eleitos pelos acadêmicos num processo muito rigoroso, que privilegia mérito científico e liderança na área de microbiologia”, explica Márcio Rodrigues. “São mais de 50 anos de atuação e pouquíssimos cientistas trabalhando no Brasil tiveram a honra de serem eleitos. Em 2020, apenas dois pesquisadores da América do Sul foram eleitos como membros da Academia e eu fui um deles. Trata-se, portanto, de um reconhecimento internacional de trabalho realizado no Brasil”, ressalta o pesquisador.

Existem mais de 2500 membros na academia, representando todas as subespecialidades das ciências microbianas e envolvidos em pesquisa básica e aplicada, ensino, saúde pública, indústria e serviços governamentais. Além disso, os membros são oriundos de todo o mundo. Em 2020, representa membros de 11 países diferentes, incluindo Austrália, Áustria, Brasil, Chile, China, França, Alemanha, Israel, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar