Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

08/01/2019

Fiocruz integra rede interamericana de análise de alimentos


Por: Penelope Toledo (INCQS/Fiocruz)


O Comitê Executivo da Rede Interamericana de Laboratórios de Análises de Alimentos (Rilaa/Infal) , composto por sete países, possui dois representantes do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS/Fiocruz): Marcus de la Cruz, coordenador do Núcleo Técnico da Comissão do Programa de Ensaios de Proficiência (CPEP), como membro titular, e Eleonora Vasconcellos, representante do Instituto no Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/ Fiocruz), como substituta. Além disto, o Rio de Janeiro sediará a 10ª Assembleia Ordinária da Rede, fórum máximo de deliberações, em outubro de 2020. 

Assembleias da Rilaa

A 10ª Assembleia Ordinária da Rede Interamericana de Laboratórios de Análises de Alimentos (Rilaa/Infal) será no Rio de Janeiro, em outubro de 2020. As assembleias têm como objetivos a avaliação do cumprimento dos planos de ação, a definição de estratégias de planos de trabalho para os biênios seguintes e o compartilhamento dos conhecimentos e experiências regionais e internacionais sobre gestão de laboratórios e suas competências técnicas. Nelas também ocorrem as eleições de parte dos novos integrantes do comitê executivo, composto por sete países membros. 

Membros no Comitê Executivo da Rilaa

A eleição aconteceu durante a 9ª Assembleia Ordinária da Rilaa, realizada entre 5 e 9 de novembro, em Santo Domingo, na Republica Dominicana. Na ocasião foram eleitos três, dos sete países que compões o Comitê Executivo.

A Rilaa é uma rede de cooperação horizontal entre laboratórios governamentais das Américas. Criada em 1997 após uma reunião organizada pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), é composta por mais de 250 laboratórios, membros de cerca de 30 países, dentre laboratórios em nível interamericano e instituições nacionais.

Marcus de la Cruz, eleito titular do Comitê Executivo, falou sobre o benefício de compor a Rede e o Comitê. “Esta relação com a Rilaa é super importante para o INCQS, principalmente na área de ensaios de proficiência. Hoje são cerca de 20 laboratórios que participam deste tipo de ensaio, mas o INCQS está pronto para ampliar este número, o que poderá ser facilitado com as articulações que a Riila tem, já que esta rede possui mais de 120 laboratórios integrantes”, justificou.  

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar