Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Fiocruz é escolhida para presidir a Aliança Latino Americana de Saúde Global


09/11/2020

Por: Gustavo Mendelsohn de Carvalho (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) foi escolhida para presidir a Aliança Latino Americana de Saúde Global (Alasag) no 6º Congresso Latino-Americano e Caribenho de Saúde Global, realizado de forma virtual nos dias 28 e 29 de outubro. A Fiocruz foi a anfitriã do encontro, que teve como tema central Desenvolvimento Sustentável e Saúde Global: Os Desafios da Desigualdade na Região, e contou com cerca de 650 participantes inscritos, provenientes de mais de 25 países da região e do mundo. 

A Alasag é uma associação de instituições que atuam internacionalmente, para impulsionar a abordagem global da saúde na educação, investigação e cooperação técnica nos países da América Latina e do Caribe. No Brasil, além da Fiocruz, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e a Universidade de São Paulo (USP) participam da Aliança, que conta ainda com representantes do Chile, México, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Peru e Nicarágua.
 


Durante o Congresso, foram discutidas diversas dimensões da pandemia do Covid-19 na região, que foi também a tônica principal da declaração final do encontro. O documento ressalta que 25% dos casos positivos e 34% das mortes globais foram registrados na América Latina. “A população em situação de pobreza e extrema pobreza, bem como as populações indígenas, afrodescendentes, mulheres, crianças e idosos, desempregados e migrantes estão entre os mais afetados e os que mais sofrem com as consequências da pandemia na região”, afirmam os signatários.

Os participantes do 6º Congresso cobram respostas dos governos, com a formulação de políticas e ações concretas para a redução das desigualdades e garantia de acesso à saúde e educação de qualidade. A Declaração termina com um chamado a todos envolvidos para “trabalhar de forma colaborativa para o cuidado e mitigação da pandemia, orientados pelo compromisso de deixar às gerações futuras um mundo mais saudável, menos desigual e injusto”.

Acesse a íntegra da Declaração da Alasag.

 

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar