Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

13/05/2019

Fiocruz Amazônia e Detran-AM assinam Termo de Cooperação Técnica

Diretores da Fiocruz Amazônia e do Detran reunidos

Por: Eduardo Gomes (Fiocruz Amazônia)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) realizou no dia 9 de maio, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, a cerimônia de encerramento do “Maio Amarelo”, evento que visa promover uma ação coordenada entre o poder público e a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos, como órgãos de governo, empresas, entidades de classe, associações, federações, organizações da sociedade civil, entre outras.

Na ocasião, o Detran-AM assinou um Termo de Cooperação Técnica com o Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD/ Fiocruz Amazônia). O termo possibilitará a integração de dados ao projeto de pesquisa Plataforma digital colaborativa da prevenção e vigilância das violências, Coordenado pelos pesquisadores Marcílio Medeiros e Rita Bacuri, do laboratório Território, Ambiente, Saúde e Sustentabilidade (TASS), da Fiocruz Amazônia.

O documento foi assinado pelo diretor da Fiocruz Amazônia, Sérgio Luz. “Temos muita coisa para trabalharmos juntos em termo de prevenção e também para aproveitar melhor as informações que são geradas dos sinistros, dos casos de acidente. Com esses dados, poderemos ter uma melhor avaliação sobre o real problema do que acontece, contribuindo para a criação de políticas públicas específicas relacionadas ao trânsito”, ressaltou Luz.

Durante os dois dias de evento, os participantes dos fóruns temáticos discutiram temas como “Repercussão dos acidentes de trânsito na Saúde”, “Segurança viária”, “Municipalização do Trânsito no interior”, e contaram com a participação de diversas instituições, entre elas o Ministério Público, organizações da iniciativa privada, e membros do sistema de segurança, saúde e trânsito.

“O objetivo é realmente construir políticas públicas efetivas que tragam melhorias a população no tocante ao trânsito, seja na capital ou no interior do Estado. Diversos temas estão sendo discutidos, como a municipalização no trânsito no interior, a repercussão dos acidentes de trânsito na área da saúde, com todos os atores envolvidos nessa temática”, disse Rodrigo de Sá, diretor-presidente do Detran-AM.

Na programação dos Fóruns Temáticos, os pesquisadores da Fiocruz Amazônia ministraram as seguintes palestras: “As alterações da Lei 13546/2017 e os reflexos na redução dos crimes cometidos na direção de veículos automotores e discussões sobre a implementação da Lei 13614/2018 que instituiu o PNATRAN e a necessidade de unificação de banco de dados estatísticos” e “A interiorização e o processo de Municipalização do trânsito como ferramentas de redução dos índices de acidentes e inclusão social”.

Sobre o projeto

Aprovado no edital Ideias Inovadoras da Fundação Oswaldo Cruz, o projeto coordenado por pesquisadores da Fiocruz Amazônia, pretende mobilizar a sociedade para a necessidade de construção de uma agenda pública de saúde e de segurança no trânsito para o enfrentamento das lesões e mortes por ele causados em Manaus, desenvolver conhecimento, competências e habilidades em plataformas digitais colaborativas, além de integrar e qualificar os sistemas de informações dos diversos órgãos responsáveis pelo registro e atendimento das vítimas da violência no trânsito.

Trata-se de um aplicativo denominado Plataforma Digital Colaborativa da Prevenção e Vigilância da Violência no Trânsito, que será baseado em métodos de crowdsourcing, que coletam informações da sociedade e, em seguida, devolvem o conhecimento coletivo obtido à sociedade. O público-alvo serão gestores e profissionais que atuam nos sistemas de prevenção, promoção e vigilância em saúde, de assistência à saúde e segurança pública.

A proposta visa o fortalecimento das instâncias do controle social da população em uma espécie de Vigilância Popular em Saúde, apresentando-se como instrumento de defesa e garantia do direito à saúde. Estima-se que o projeto seja executado em 24 meses, e nos últimos seis, a plataforma seja testada na Zona Leste de Manaus, onde ocorre a maior frequência de lesões e mortes no trânsito.

Sobre o Maio Amarelo

Com o tema No trânsito, o sentido é a vida, o Maio Amarelo 2019 é um movimento internacional de conscientização para redução de acidentes de trânsito. O Movimento nasceu com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar