Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Fiocruz

Fundação Oswaldo Cruz uma instituição a serviço da vida

Início do conteúdo

Evento reúne pesquisadoras para debater ‘Mulher e Saúde Global'


07/03/2022

Ana Paula Blower (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:


Na semana do Dia Internacional da Mulher, os Seminários Avançados em Saúde Global e Diplomacia da Saúde do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) se voltam para o tema Mulher e Saúde Global. O evento ocorre nesta quarta-feira (9/3), às 10h, de forma online e contará com a participação de quatro especialistas internacionais e nacionais para debater assuntos como as prioridades para 2022, violação e garantia de direitos e as expressões do racismo no atendimento à mulher. 

As participantes do painel serão a embaixadora da ONU Mulheres para América Latina María del Carmen Squeff, a representante auxiliar no Brasil do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) Júnia Quiroga e as pesquisadoras do Instituto Nacional da Mulher, Criança e Adolescente Fernandes Figueira (IFF/ Fiocruz) Corina Mendes e Roseli da Fonseca Rocha. 

“A expectativa é a de que os temas trazidos pelas pesquisadoras do IFF, como a perspectiva de violação de direitos das mulheres, o racismo e suas expressões na saúde das mulheres negras, dialoguem com a visão da saúde global trazida pelas representantes das agências internacionais”, comenta Maria Gomes, coordenadora de Ações Nacionais e de Cooperação do IFF/Fiocruz e uma das mediadoras do seminário. “Será um privilegio ouvir e participar da mediação desse debate possibilitado pelas visões de cada uma das painelistas”. 

Ao lado dela, Ivia Maksud, pesquisadora e coordenadora do Programa de Pós-graduação em Saúde da Criança e da Mulher do IFF, completa a mediação do painel. Para ela, o seminário é um evento importante para promover o “necessário diálogo entre saúde global e agendas locais no que diz respeito a diversas pautas de gênero”.

“O evento reunirá painelistas que são lideranças em suas áreas de atuação, elas nos atualizarão sobre agendas internacionais e nacionais e discutirão inúmeros desafios compreendidos entre os planos estruturais e a vida cotidiana das mulheres, como políticas globais, violência e racismo, dentre outros”, diz Maksud. 

O Seminário Mulher e Saúde Global terá transmissões em português, inglês e espanhol.

Em português:

Em espanhol:

Em inglês:

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar