Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Evento apresenta inovações para o monitoramento e controle de arboviroses


13/11/2019

Por: Matheus Cruz (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

A Fiocruz realizará, nos dias 12 e 13 de novembro, o evento E-Vigilância 2019 - Inovações para o monitoramento e controle de arboviroses. O encontro, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), acontecerá no campus do Centro Federal Celso Suckow da Fonseca (Cefet), no Maracanã. O objetivo é compartilhar iniciativas e soluções para modernizar o monitoramento e o controle de arboviroses, desde novas armadilhas de mosquitos, mineração de dados, jogos e a divulgação do sistema Info Dengue.

De acordo com a pesquisadora do Programa de Computação Científica (Procc) da Fiocruz e coordenadora do Info Dengue, Claudia Codeço, a Fundação tem amplo papel na luta contra arboviroses e cobre todos os campos do conhecimento. “O sistema Info Dengue é parte desse esforço na medida em que busca agregar valor a dados rotineiramente coletados pelas Secretarias de Saúde, por meio do desenvolvimento e aplicação de métodos matemáticos especificamente criados para a realidade brasileira”, destacou.

Ainda segundo a pesquisadora, o Info Dengue agrega semanalmente dados de ocorrência de arboviroses enviados pelas Secretarias de Saúde, dados de clima e dados de rumores sobre dengue para alimentar um modelo computacional que calcula as condições de risco para a transmissão de dengue e as outras viroses transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. “O sistema serve para o cidadão acompanhar os mapas do Info Dengue e é útil para saber se a localidade vive um aumento dos casos de dengue. Com isso, a população pode prestar mais atenção no seu entorno, mobilizar sua comunidade e verificar se há criadouros”, ressaltou.

O congresso contará também com mini-cursos, feira científica e apresentação de seminários. Entre as atividades, destaca-se o mini-curso sobre o Info Dengue, um sistema de monitoramento e análise online da dengue e outras arboviroses. O curso oferecerá uma apresentação da plataforma e de seu conteúdo, especificando as ferramentas disponíveis de interação com os dados para fins de pesquisas epidemiológicas. Outra funcionalidade está relacionada ao diagnóstico, tendo como foco a identificação correta de casos de arboviroses até o seu tratamento. Cada curso terá duração de 1 hora e meia.

Além da coordenadora do Info Dengue, Claudia Codeço, estarão presentes o pesquisador líder da iniciativa World Mosquito Program (WMP), Luciano Moreira; a professora do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Neide Emy; o pesquisador do Programa de Computação Científica (Procc/Fiocruz), Daniel Villela; o professor do Departamento de Ciência da Computação da Universidade de Brasília (CIC/UnB), Jorge Henrique Fernandes; e o médico veterinário do Centro de Controle de Zoonoses de Foz do Iguaçu, André de Souza Leandro.

Info Dengue

O Info Dengue visa gerar um sistema de alerta em tempo quase-real para os casos de transmissão da doença nos municípios. A ideia principal é o acesso rápido à informação, através da utilização dos dados gerados semanalmente pelo sistema, para tornar mais ágeis e eficazes a decisão das Secretarias de Vigilância em Saúde quanto aos seus programas de vigilância em dengue.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar