Início do conteúdo

Embaixadora de Botswana visita a Fiocruz


13/10/2021

Por: Cristina Azevedo (Agência Fiocruz de Notícias)

Compartilhar:

Embaixadora de Botswana no Brasil, Tebogo Montshome visitou a Fiocruz na última quinta-feira (7/10). Ela aproveitou sua vinda ao Rio de Janeiro para conhecer a Fundação e identificar áreas de possível cooperação entre seu país e a instituição. Recebida pelo vice-presidente de Produção e Inovação em Saúde, Marco Krieger, Montshome se mostrou especialmente interessada em treinamento de pessoal, pesquisa e produção de medicamentos e vacinas. 

A embaixadora chegou acompanhada pela primeira-secretária da embaixada, Sethunya Sedimo, e pelo cônsul no Rio, Marcello Oliveira. Depois de conversar com Krieger, Tebogo Montshome foi conhecer o processo de produção da vacina contra a Covid-19, acompanhada por Daniel Miranda, chefe de gabinete de Bio-manguinhos, e por Augusto Paulo Silva, pesquisador do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) e ex- vice-ministro da Saúde de Guiné-Bissau. 


Tebogo Montshome aproveitou sua vinda ao Rio de Janeiro para conhecer a Fundação e identificar áreas de possível cooperação entre seu país e a instituição (foto: Peter Ilicciev)

O objetivo da visita, segundo a embaixadora, é transmitir ao Ministério da Saúde e à Presidência de seu país as áreas para uma parceria em ciência e saúde, que segundo ela poderia começar talvez pelo treinamento em recursos humanos. Tebogo Montshome demonstrou ainda a intenção de propor uma webconferência para discutir as necessidades de Botswana e ver onde é possível estabelecer cooperações.  

“Durante a pandemia, o seu país viu a dificuldade em depender de outras nações e percebeu que precisa reconstruir o seu sistema de saúde. Nesse sentido, a cooperação Sul-Sul, e o Brasil em particular, podem ajudar muito”, disse Augusto Paulo. “Essa é mais uma aproximação da Fiocruz com os países africanos de língua não portuguesa”, completou o pesquisador do Cris/Fiocruz.

Mais em outros sítios da Fiocruz

Voltar ao topoVoltar