Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Documentário mostra como foi a criação do Dicionário Feminino da Infâmia


13/08/2013

Compartilhar:

 

Está no ar, em acesso aberto, o documentário que detalha a criação do Dicionário Feminino da Infâmia – Acolhimento e Diagnóstico de Mulheres em Situação de Violência.

Dirigido pela pesquisadora Elizabeth Fleury, da Fiocruz Minas, o vídeo traz, em 43 minutos, depoimentos de pesquisadores que foram convidados a escrever os verbetes da obra, ligados ao universo da violência contra as mulheres.

Elizabeth é coordenadora do Comitê de Pró-Equidade na Fiocruz e também organizadora da obra ao lado da pesquisadora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Stela Meneghel. A pesquisadora informa que o dicionário foi elaborado para atender às demandas dos próprios profissionais de atendimento nas áreas de saúde, segurança pública, assistência social etc. por melhor formação para acolher adequadamente o público feminino em situação de violência.

Conheça o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça.

Voltar ao topoVoltar