Serviços 
O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras
Início do conteúdo

Cine Clube Acessibilidade: VideoSaúde exibe filmes em Libras

Pessoas andando de bicicleta em uma rua de terra batida

03/01/2020

Fonte: Icict/Fiocruz

Compartilhar:

A Fiocruz vai ganhar um cineclube direcionado a pessoas surdas. É o projeto Cine Clube Acessibilidade, que vai exibir vídeos na Língua Brasileira de Sinais (Libras), em diferentes locais dos campi Fiocruz. A primeira exibição será em 8 de janeiro, quando será apresentado o documentário A rua é noiz, às 13h, na sala 710 da Expansão, em Manguinhos. O vídeo lança luz à vida nas periferias e favelas.

Em 22 de janeiro, no Salão do CDHS (campus Manguinhos), será exibido Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones, documentário de 25 minutos que aborda o caráter inclusivo da música, a partir da experiência de três jovens com deficiência que formaram uma banda. Em 29 de janeiro, no auditório do Instituto Fernandes Figueira, no Flamengo, será apresentado À espera, vídeo sobre os casamentos prematuros em Moçambique, onde 39% das meninas se casam antes dos 15 anos com homens mais velhos. Todas as exibições começam às 13h.

O Cine Clube Acessibilidade é um projeto da VideoSaúde Distribuidora da Fiocruz, vinculada ao Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict/Fiocruz), realizado em parceria com a CVI- Rio e a Cooperação Social da Presidência da Fiocruz. A VideoSaúde vem buscando promover a acessibilidade em suas atividades: parte de seu acervo, por exemplo, já conta com audiodescrição, ou seja, uma faixa narrativa adicional para cegos e deficientes visuais.

As exibições do Cine Clube Acessibilidade vão prosseguir durante o ano, sempre com entrada gratuita, e integram as comemorações pelos 120 anos da Fundação Oswaldo Cruz. Veja a programação completa de janeiro.
 

Voltar ao topoVoltar