Início do conteúdo

Sobre o Ano Oswaldo Cruz


Instituído em março de 2017, o Ano Oswaldo Cruz: ciência e saúde no projeto nacional vai mobilizar toda a Fiocruz ao longo do ano. Lembrar os 100 anos do falecimento de Oswaldo Cruz é, para esta Fundação, um momento ímpar de reflexão. Momento de recordar a trajetória, as conquistas e o legado do grande médico e cientista e, a partir daí, pensar a Fiocruz de hoje e do futuro. O Ano Oswaldo Cruz tem oito eixos temáticos que são:

  • Promoção da ciência, tecnologia e inovação em benefício da sociedade e a serviço da vida;
  • A importância do papel de uma instituição pública na produção e inovação em saúde.
  • Fiocruz na articulação do sistema de ciência, tecnologia e inovação, nas dimensões regional, nacional e global;
  • Desafios dos objetivos de desenvolvimento sustentável;
  • Políticas e Estratégias de Saúde: passado, presente e futuro com perspectivas ao fortalecimento do SUS;
  • Preparação da Fiocruz para a 4ª Revolução Tecnológica;
  • A Fiocruz e a Educação Permanente;
  • Democracia e perspectiva nacional na prospecção institucional.

Integram a programação uma exposição com curadoria de pesquisadores da Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz), que acontecerá na na Câmara dos Deputados em agosto de 2017.

Nest especial é possível conferir textos que apresentam o que fez e quem foi Oswaldo Cruz e como a instituição, seu grande legado e o país se relacionam com essa herança. Segundo a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, "é hora de colocar o passado em perspectiva, como uma forma de iluminar futuros possíveis. E é ainda uma oportunidade para avançarmos em projetos coletivos que contribuam para o SUS e para a ciência, tecnologia e inovação".

Voltar ao topoVoltar