Início do conteúdo

Fiocruz Piauí: Pesquisa

P

Os projetos de pesquisa da Fiocruz Piauí abrangem áreas como epidemiologia clínica e em saúde pública, parasitologia, entomologia, clínica de doenças infecciosas e biologia molecular, em uma visão integrativa, transversal e multidisciplinar. Inserem-se frequentemente no contexto da pós-graduação e dos cursos de qualificação profissional, como objetos de trabalhos de conclusão, dissertações e teses. 

Atualmente, uma de suas frentes de trabalho diz respeito às chamadas “geo-helmintíases” — como a ancilostomíase, por exemplo —, tipo de doenças intestinais causadas por parasitas, cuja transmissão ocorre por solo, água ou alimentos contaminados. A equipe desenvolve estudos sobre a epidemiologia, a dinâmica de transmissão e os determinantes sociais dessas parasitoses, frequentes em regiões de grande pobreza. Outro foco de pesquisa são os vetores das leishmanioses, um problema de saúde pública marcante no estado.

A Fiocruz Piauí é colaboradora do Centro de Referência de Microcefalias, que realiza estudos clínico-epidemiológicos sobre o tema. O estado foi um dos mais afetados pela epidemia registrada entre 2015 e 2016, e o centro situa-se na Maternidade Dona Evangelina Rosa, a principal do Piauí. A Fundação integrou ainda a Sala de Situação-Ações Emergenciais de Enfrentamento ao Aedes aegypti frente à Epidemia de Microcefalia, que elaborou um plano emergencial de contingência e de prevenção às altas taxas de dengue, chikungunya e Zika, além de intensificar ações de monitoramento e supervisão às atividades de promoção, prevenção e controle vetorial.

O risco de transmissão vetorial da doença de Chagas em regiões endêmicas é outro item na pauta do escritório técnico. Outros agravos de notificação compulsória, como a malária e a coqueluche, acidentes com animais peçonhentos e mortalidade materna têm sido tema de estudos com dados secundários.

Outro destaque é a participação de membros da equipe da Fiocruz Piauí no Comitê Estadual de Mortalidade Materna, Fetal e Neonatal. O colegiado tem como objetivo gerar um diagnóstico sobre o tema e contribuir para a formulação de estratégias que visem reduzir a mortalidade materno-infantil do estado, reconhecida como uma da mais elevadas entre os estados brasileiros.

Arca
Desenho estilizado sugere um mar com a logo do Arca

Repositório institucional da Fiocruz dá acesso às suas pesquisas e estudos

Acesso ao patrimônio genético
Montagem com papagaio, DNA, molusco e outras imagens que fazem referências a organismos vivos

O uso da biodiversidade nativa em pesquisas precisa de autorização e de atenção a uma série de protocolos. Fiocruz participa do conselho que formula procedimentos na área

Ética em pesquisa
Pesquisador com roupa de proteção individual

Para garantir que ciência e ética caminhem juntas, Fundação mantém comitês que regulam suas investigações

Voltar ao topoVoltar